Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Câmara de Mediação e Arbitragem é instalada na ACIF

É uma forma mais rápida e prática de solução de conflitos, com custos das demandas divididos entre as partes

ACIF
Florianópolis
11/07/2018 às 16H24
CMAA - Renato Gama
CMAA - Renato Gama



 

A Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF) instalou sua Câmara de Mediação e Arbitragem (CMAA) na sede da entidade. Trata-se de alternativa para contornar a morosidade da Justiça, gerando celeridade aos processos com decisões proferidas por especialistas de grande conhecimento nas matérias julgadas. “É uma forma mais rápida e prática de solução de conflitos, com custos das demandas divididos entre as partes”, afirma Rodrigo Berthier da Silva, diretor jurídico da ACIF, completando que “Santa Catarina é um estado de economia forte e com diversas câmaras privadas, mas sem ainda uma de caráter institucional, que pode concentrar as grandes causas empresariais”.

Com o apoio da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), entre outras entidades, para resolver demandas empresariais e de contratos sem a necessidade de utilização do Poder Judiciário, a CMAA foi inaugurada seguindo forte tendência nacional. “Teremos julgamentos mais rápidos e especializados, bem como mediações mais técnicas e adequadas. Também lembrando que o custo-benefício é melhor diante do menor tempo de tramitação e com a garantia de nenhuma exposição das partes ou questões sigilosas. Aí se inclui patentes e informações estratégicas, além de caber às partes a escolha dos árbitros e mediadores que cuidarão das suas causas”, diz Berthier da Silva.

Para Luc Pinheiro, presidente da ACIF, este caminho extrajudicial é cada vez mais difundido pelas vantagens citadas acima. “A classe empresarial ganha uma ferramenta muito útil, pois a demora da Justiça muitas vezes atrapalha o andamento dos negócios, da produtividade e da imagem das empresas”, explica, dizendo que a CMAA conta com grupo de profissionais e especialistas reconhecidos nacionalmente.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade