Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Artista da rua: Christian Borjas faz malabares em 30 segundos

O uruguaio viaja pelo América do Sul há quatro anos. Ele resolveu sair sem rumo após a morte da filha.

Ana Maria Veiga
Tijucas
Flávio Tin/ND
Christian Borjas ganha a vida fazendo malabares no sinal

Em 30 segundos, Christian Borjas, 33 anos, sobe na corda bamba, faz malabares com claves e corre para o meio dos carros antes que o sinal fique verde. Entre os motoristas, passa um chapeuzinho para receber as contribuições. Em quatro horas de trabalho, o uruguaio ganha quase R$ 50. O dinheiro usa para alimentação, hospedagem e para conseguir viajar. Para viver, precisa apenas de poucas roupas na velha mochila que carrega nas costas e da companhia da gatinha Bori Bori, animal de estimação que o acompanha por onde ele passa.
Christian não gosta de ser chamado pelo nome. Prefere ser conhecido como “viajante” ou “palhaço das ruas”. Ele está nessa vida há quatro anos, desde a morte da única filha, uma menina de seis anos. “Sem ela eu vi que não tinha mais nada, ficou tudo sem sentido”, lamenta. Desolado, fechou a empresa de limpeza que tinha no Uruguai e saiu sem rumo. “Queria fazer as crianças sorrirem. Sempre gostei de malabares e resolvi aprender.”, conta.  A vida no Uruguai ficou no passado, desde lá nunca voltou para visitar a família. “Agora, minha única alegria é viajar”. Leia a reportagem completa na edição impressa do Notícias do Dia de amanhã.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade