Publicidade
Domingo, 28 de Maio de 2017
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 19º C

A vida em sociedade, quem é quem, o que de melhor e mais badalado acontece na região, no olhar aguçado e sensível de quem conhece bem o assunto. Se em sociedade tudo se sabe, aqui você sabe mais. A coluna Gente mostra o que movimenta o circuíto cultural e social  da cidade e está conectada com   tudo aquilo que merece destaque. 

  • Novo Rumo: na contagem regressiva a coluna de despedida do Notícias do Dia

    A coluna de hoje tem um gosto de despedida , uma mistura de sentimentos fortes: o do dever cumprido, da decisão tomada e do desapego. Isso ocorre quando chega um momento na vida em que a oportunidade aparece e o caminho tem que ser seguido. Despeço-me dos leitores e do grupo RIC, que nos seus 30 anos, 20 deles fazem parte da minha trajetória profissional, sendo 11 como colunista do Notícias do Dia. Estou de partida com meu filho e marido para Portugal, onde vamos viver outros sonhos e encarar novos desafios. O sentimento é de gratidão à cidade, à empresa, a seus dirigentes e a toda equipe de profissionais com quem convivi. Deixo registrado o meu carinho a cada um dos assinantes, seguidores, fotógrafos, preciosas fontes e também quem esteve aqui, essa gente de quem levarei boas lembranças. Muito obrigada pelo significado que deram à minha passagem neste espaço e espero ter dado o melhor de mim. Ainda assino a coluna do final de semana e em breve ela estará em outras[...]

    Leia mais
  • Entrevista: Ida Maria Freire a dança na sua vida como sacerdócio

    A melhor descrição de Ida Mara Freire é o seu sorriso. Sempre com alegria, seriedade e disciplina, ela compreende que a vida é coisa séria, e não perde tempo. “A criação no lugar da falta”, sentencia com sabedoria. Assim o 10º Múltipla Dança – Festival Internacional de Dança Contemporânea justifica a escolha da homenageada do ano, que ganhará um troféu em reconhecimento à sua contribuição no contexto da dança de Santa Catarina. Escritora, educadora, dançarina, diretora, pesquisadora, crítica de dança no jornal Notícias do Dia, no qual escreve desde 2009. Com graduação, especialização, mestrado, doutorado, pósdoutorado em diferentes áreas, como a educação, a psicologia e a dança, ela anda pelo mundo certa de que mais do que os títulos conquistados na academia, o que vale mesmo é o refinamento no trato das questões humanas. Aliás, o tema desta conversa transita nos fazeres da entrevistada. 

    Ida Maria Freire - Mara Rubia Nonnenmacher
    Ida Maria Freire - Mara Rubia Nonnenmacher


    Leia mais
  • Entrevista : Manu Buffara a premiada chef no festival do Artusi

    Chef de cuisine, jovem, talentosa e premiadíssima, Manoella Buffara, ou simplesmente Manu, é formada em jornalismo e até poderia ser repórter de televisão, mas sua paixão maior a levou para as cozinhas do mundo, onde aprendeu com chefs internacionais os segredos da gastronomia de estrelados restaurantes. O que faz dela uma chef reconhecida pela cozinha autoral e de expressão é o jeito com que lida com seus fornecedores, como escolhe os ingredientes na natureza, e as receitas inspiradas na sua avó Guigué, todas anotadas em um caderninho e que ainda hoje inspiram a menina inquieta, escolhida por Alex Atala como a melhor chef do Brasil, entre outros prêmios conquistados. Hoje é a dona do restaurante que leva o seu nome. “Durante a minha vida na cozinha tive muita sorte de cruzar com pessoas que realmente amam o que fazem e isso fez e faz com que eu aprenda e me aperfeiçoe todos os dias. Nesta lista de grandes mestres, não posso deixar de lembrar da minha família, da[...]

    Leia mais
  • Entrevista: Mercê Souza a estilista que mergulha no universo dos turbantes

    Negra e crespa com muito orgulho! Estudante de designer de moda, estilista e empreendedora, que lançou em Florianópolis a grife Gata Crioulla. Começou de forma tímida, mas sua marca nasceu cheia de força e estilo. Sempre pesquisando e se aprimorando no universo dos turbantes, ela mergulha cada vez mais fundo na pesquisa e moda afro. “O que usamos fala por nós antes mesmo de abrirmos a boca, tento traduzir essa fala de várias maneiras, trabalho com muitas tranças,tramas, nós, laços, representando a luta, a garra, a força, a união e muitas cores representando a alegria que não perdemos a leveza, a sutileza e a delicadeza de ser mulher”, afirma Mercê.

    Mercê Souza - Ângelo Santos
    Mercê Souza - Ângelo Santos



    A inspiração como bandeira

    Durante o meu processo de transição capilar que foi muito difícil, como para a maioria das mulheres negras, pois temos que lidar com uma carga emocional muito grande (não é só cabelo) eu conversei com mulheres pelo mundo inteiro, principalmente do[...]

    Leia mais