Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

O dia-a-dia de Joinville e região contado por Luiz Veríssimo.

  • Deputado federal Esperidião Amin afirma que na política tudo é possível

    Durante entrevista, o deputado Esperidião Amin afirmou que na política 'tudo é possível'. A constatação veio após o deputado ser questionado se a chapa dos sonhos, entre Jorge e Amin pode acontecer futuramente.

    Como jornalista, eu costumo ler e acompanhar cada entrevista e manifestação dos principais políticos de Santa Catarina. Principalmente agora, que estamos em um período de ebulição eleitoral, em vista das eleições. Eu já tinha lido, por exemplo, que Jorge Konder Bornhausen defendia uma coligação que teria o partido PSB apoiando o senador Paulo Bauer a governador, com PSD de vice e Raimundo Colombo e Esperidião Amin ao senado. Mas eu não sabia, e confesso que desconhecia, pois não li e não ouvi, que o deputado federal, e pré-candidato pelo PP, Esperidião Amin, também defendia esta coligação com o senador Paulo Bauer como cabeça de chapa.

    Confira o comentário completo:

    Leia mais
  • Pela primeira vez um grande partido escolhe Joinville para sua convenção estadual

    Pela primeira vez na história política de Santa Catarina, um de seus principais partidos vai realizar sua convenção estadual em Joinville. Nem Pedro Ivo e Luiz Henrique tiveram esta iniciativa, já que foram homologados em convenções realizadas em Florianópolis, mesmo tendo Joinville como base eleitoral. O PSDB escolheu a Expoville para homologar a candidatura do senador Paulo Bauer a governador nesta manhã de domingo e, provavelmente, da deputada Federal Geovania de Sá (PSDB) como vice.  

    A idéia foi do pré-candidato a senador Napoleão Bernardes. Ele será o único candidato do partido, como justifica Paulo Bauer: “nosso segundo voto será para quem der reciprocidade no segundo turno”. Com apenas um candidato ao Senado, Napoleão vai agregar os dois tempos no programa eleitoral do partido.

    A única dúvida que ainda permanece é sobre a vaga de vice-governador. “Nós convidados o deputado federal João Paulo Kleinubing (DEM), que ainda não respondeu. Por[...]

    Leia mais
  • Informação sobre mudança na presidência do porto de SFS causou muita repercussão

    “Noticia falsa”, como disse o radialista de maior audiência em seu horário na região Norte, ou, como escreveu um dos colunistas no único jornal diário de Joinville, “boato plantado por interesses políticos”? Como publiquei no ND Online a primeira informação de que haverá mudança na direção do Porto de São Francisco do Sul, na última quarta-feira, garanto que nenhuma das duas acusações acima tem procedente. Reitero que o ex-prefeito Godofredo Moreira Gomes Filho (Godinho) vai tomar posse como diretor-presidente do porto. A data depende da publicação no Diário Oficial do Estado. A decisão já foi tomada.

    Na última segunda-feira, às 11 horas, o governador Eduardo Moreira (MDB) recebeu Godofredo Gomes Filho (MDB) em seu gabinete fora da agenda oficial. No dia anterior, a Casa Civil solicitou sua presença em Florianópolis. No encontro, que terminou antes do meio-dia, o convite foi feito e aceito. Godinho terá como diretor Odilon Ferreira de Oliveira,[...]

    Leia mais
  • Prefeito diz que, se houver uma revolução e lhe derem uma arma, será o primeiro da fila

    Conhecido pela franqueza e frases ácidas  em seus discursos, principalmente na última campanha eleitoral, o prefeito de Jaraguá do Sul, Antidio Lunelli (PMDB) confirmou a regra recentemente, pronunciamento na inauguração da estação de tratamento da Samae.  Apontado como o segundo prefeito eleito mais rico do Brasil em 2016, com patrimônio superior a R$ 280 milhões, Lunelli levou seu discurso por escrito e depois de uma breve introdução,  colocou o papel no bolso do paletó e prosseguiu falando de  improviso.

    - Nós, como agricultores, empregados e empresários, não podemos aceitar e concordar com a situação que chegou o nosso país. Eu sou um camarada que, se tiver amanhã uma revolução e me der (sic) uma arma na minha mão eu sou o primeiro da fila porque sou patriota e porque amo meu país e Jaraguá do Sul.

    Antidio Lunelli é fundador e atual presidente do conselho do Grupo Lunelli, um complexo industrial que reúne 16 fábricas do ramo têxtil. A maioria[...]

    Leia mais