Publicidade
Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 16º C

A economista Janine Alves traz os principais fatos da economia de Santa Catarina e do país com uma leitura descomplicada e acessível, evitando o “economês” e buscando sempre traduzir os assuntos mais importantes da área para os leitores do ND. 

Cervejaria de SC conquista o maior número de medalhas para o Brasil em concurso mundial

Janine Alves
18/08/2017 17h20

A cervejaria Lohn Bier foi a maior vencedora do Brasil na segunda etapa do World Beer Awards 2017, realizado em Londres no último dia 10. Com apenas três anos de existência, a empresa independente e familiar, localizada na cidade de Lauro Müller, interior de Santa Catarina, conquistou um total de nove medalhas no evento que é considerado a Copa Mundial de Cervejas. Participaram cervejarias de todos os continentes e foram avaliados mais de 1900 rótulos de 36 países. A Lohn ganhou quatro medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze. “Já temos 25 medalhas, inclusive fomos considerada a melhor cervejaria da América Latina neste ano, mas esta, sem dúvida é uma das mais importantes. É um reconhecimento mundial”, pondera Eduardo Felisbino, empresário da Lohn, lembrando que nenhuma outra cervejaria do País somou tantas medalhas sozinhas quanto a Lohn Bier nesse evento.

As medalhas de ouro foram para as cervejas Ipa Serra do Rio do Rastro, Quadruppel e Carvoeira nas categorias IPA, Pale Beer Belgian Style Strong e Flavored Herb & Spice, respectivamente. A cerveja Catharina Sour Uva Goethe levou o ouro em Flavored Fruit & Vegetables – sendo que essa, além da medalha, ganhou a competição internacional da categoria e foi e eleita a melhor do mundo.

As cervejas premiadas com a medalha de prata foram: Pale Ale, na categoria de mesmo nome, Viena, na categoria Amber / Vienna, Catharina Sour Bergamota, em Sour Beer, e Trippel na categoria Speciality Beer Experimental. A Lohn Bier Barley Wine levou o bronze na categoria homônima.

O World Beer Awards ainda terá uma terceira etapa, em setembro, quando irão escolher, entre as cervejas premiadas com medalhas de ouro, as melhores do mundo em oito categorias.

Premiações

Com apenas três anos de existência, a Lohn Bier conquistou 25 prêmios e certificações em concursos nacionais e internacionais. Entre estes, os mais importantes estão o prêmio de Cervejaria do Ano pela Great South Beer Cup 2017, uma medalha de ouro pela cerveja Quadruppel na categoria Belgian Strong Ale e duas medalhas de prata nas categorias Specialty e Wild Beer, pelas cervejas Carvoeira e IPA Bretta, respectivamente, na mesma competição. Além destes, a Carvoeira Wood Aged também conquistou, no início de 2017, a medalha de bronze na Copa Latinoamericana de Cervezas, evento que aconteceu em Cusco, no Peru, e reuniu mais de 400 cervejas de 12 países, que foram avaliadas por um exigente time de juízes.

Sobre a Lohn 

Inaugurada em outubro de 2014, a Lohn Bier é uma cervejaria artesanal que está localizada aos pés da Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller (SC). Com 2 mil m² e 44 funcionários, a fábrica tem capacidade para produzir 140 mil litros de cerveja por mês. Liderada pelo empresário Francisco Felisbino e pelos filhos Tatiani Felisbino Brighenti, Eduardo Felisbino e Ricardo Felisbino, a Lohn é uma cervejaria familiar, nascida do hobby de produzir cervejas artesanais. O sobrenome alemão Lohn, vindo da matriarca da família, traz a tradição e a excelência germânicas que se refletem no dia-a-dia da empresa e na qualidade das cervejas.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade