Publicidade
Quinta-Feira, 24 de Maio de 2018
Descrição do tempo
  • 21º C
  • 14º C

A economista Janine Alves traz os principais fatos da economia de Santa Catarina e do país com uma leitura descomplicada e acessível, evitando o “economês” e buscando sempre traduzir os assuntos mais importantes da área para os leitores do ND. 

  • Evento catarinense destaca as mulheres na tecnologia e incentiva a Diversidade.

    O Startup SC Summit ocorre nos dias 12 e 13 de julho, evento voltado para o ecossistema de tecnologia e inovação. A iniciativa, além de fomentar o empreendedorismo na tecnologia, quer incentivar a diversidade do setor. Hoje, segundo a ONU, apenas 25% da força de trabalho na indústria digital é feminina.

    A expectativa de público é de 1800 pessoas e até o momento 30% dos inscritos são do mulheres. São mais de 80 palestrantes já foram confirmados e as mulheres também estão marcando presença como palestrantes. “A diversidade é o melhor caminho para a inovação acontecer, apenas quando unimos diferentes pessoas e opiniões que podemos encontrar novas soluções e juntos construir um mundo melhor”, comenta Alexandre Souza, gestor do Sebrae/SC e organizador do evento. “Não dá pra falar de tecnologia hoje em dia e ignorar a força feminina no mercado”, completa.

    Dentro do ecossistema catarinense algumas empresas já se destacam pelas políticas que promovem[...]

    Leia mais
  • Projeto reúne representantes da área da saúde na Grande Florianópolis

    Na próxima sexta-feira, 18, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) realiza mais um módulo do “Conhecer para cooperar”, projeto que tem o objetivo de disseminar conhecimento sobre o cooperativismo na área da saúde. O evento ocorrerá no Hospital Unimed, em São José, a partir das 8h30.

    A Unimed Grande Florianópolis receberá os representantes da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Ministério da Saúde e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para tratar sobre governança, estratégias de gestão e desafios enfrentados pela área da saúde.

    “As cooperativas de saúde estão crescendo e se adaptando às mudanças significativas de governança. Por isso, quanto maior o conhecimento dos gestores, melhor será a efetividade das normas e soluções apresentadas no setor. A Unimed Grande Florianópolis é um exemplo de cooperativismo, em que a gestão da operadora é feita de forma participativa” explica Théo[...]

    Leia mais
  • Fintech catarinense agrega funcionalidade de cobrança visando MEIs e pequenas empresas

    De olho em oferecer alternativas ao tradicional e engessado modelo de operação dos bancos e instituições financeiras, o mercado das fintechs brasileiras expande e amadurece. Segundo dados divulgados pelo FintechLab, ao longo de nove meses de 2017, o número de startups saltou de 244 para 332, gerando um aumento de 36%. São empresas focadas em oferecer soluções financeiras a partir de modelos baseados em tecnologia e que apostam em segurança, facilidade e atendimento diferenciado, num mix que agregue experiência positiva aos usuários.

    Santa Catarina, que se destaca em nível nacional como polo tecnológico, também apresenta boas iniciativa no ramo das finitechs. A SD Bank, sediada em Palhoça, na Grande Florianópolis, é um dos bons cases do estado. Além de ter desenvolvido aplicativo de conta digital - permitindo todo o conjunto de operações financeiras - a startup também é pioneira no desenvolvimento do SD Cheque, uma modalidade de pagamento pré-datado 100%[...]

    Leia mais
  • Autonomia de funcionários colabora para aumentar a taxa de retenção de talentos

    Tão dinâmica quanto o mercado, a área de gestão de pessoas está sempre se renovando. Em época de corte de funcionários e pouca expansão de empregos, como a que vivem a maioria dos setores, reter talentos é fundamental. De acordo com uma estimativa da Bazz consultoria de RH, uma contratação que acaba em insucesso pode gerar custos para a empresa de três a 15 vezes o valor do salário pago para o funcionário.

    Trabalhar com relações de confiança, garante liberdade, responsabilidade e autonomia para todos - empresa e equipe, sendo o caminho mais eficaz de retenção de talentos”, explica Caroline Schmitz, coordenadora de gestão de pessoas na catarinense Cheesecake Labs. A empresa atua no setor de desenvolvimento de aplicativos e mantém práticas inovadoras de RH a fim de tornar a empresa um lugar agradável de se trabalhar.  Caroline exemplifica com uma prática adotada na startup: “aqui, o organograma ganhou um novo formato com menos estruturas de[...]

    Leia mais
Publicidade
Publicidade