Publicidade
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 23º C

São décadas de experiência como sinônimo de cobertura completa e bem informada do submundo do crime, os bastidores da segurança pública e do dia a dia de quem trabalha para deixar o cidadão tranquilo. Nada escapa ao olhar afiado do principal nome da crônica policial catarinense.

Policial civil de 28 anos sai para caminhar em Itapema e não volta para casa

Hélio Costa
07/12/2017 00h02

Policial civil Karla Silva de Sá Lopes, 28 anos - Divulgação/ND
Policial civil Karla Silva de Sá Lopes, 28 - Divulgação/ND



A policial civil  Karla Silva de Sá Lopes, 28, formanda da última turma da Acadepol (Academia da Polícia Civil) de Santa Catarina, está desaparecida. Ela saiu para caminhar em Itapema, por volta das 7h30 desta quarta-feira (6) não retornou mais para a casa. Karla teria sido vista num supermercado do balneário. A Polícia Civil está verificando nas câmeras de monitoramento se ela realmente passou no supermercado e com quem estava.

Karla ainda nem começou no serviço público. De acordo com diretor da Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais), delegado Adriano Krul Bini, o prazo para ela se apresentar na Polícia Civil termina no próximo dia 12.  Ela está lotada na comarca de Correia Pinto,na Serra catarinense.

O desaparecimento de Karla foi registrado pelo marido e está sendo investigado pela DIC (Divisão de Investigações Criminais) de Balneário Camboriú. 

 

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade