Publicidade
Quinta-Feira, 22 de Junho de 2017
Descrição do tempo
  • 22º C
  • 15º C

São décadas de experiência como sinônimo de cobertura completa e bem informada do submundo do crime, os bastidores da segurança pública e do dia a dia de quem trabalha para deixar o cidadão tranquilo. Nada escapa ao olhar afiado do principal nome da crônica policial catarinense.

  • Ladrão leva cãozinho perdido no fórum de Balneário Camboriú e deixa menina triste

    Um ladrão sem coração levou o cãozinho Tom, da raça Shih Tzu, de seis meses, perdido em frente ao Fórum de Balneário Camboriú. O portão da casa ficou encostado e cãozinho fugiu deixando a pequena Daniele, de sete anos, triste.  A história de Tom e Daniele é bastante forte.

    Ela tinha outro cachorro de estimação que morreu e entristeceu a garotinha.  Para resgatar a autoestima da filha, a mãe  comprou o Tom e a alegria retornou à casa. Mas foi por pouco tempo. Com o desaparecimento do segundo cachorrinho a menina está triste e chora pela falta dele.

    Os pais de Daniele fazem um apelo pelas redes sociais:  “Peço encarecidamente para que se alguém ver ele para venda, doação ou até mesmo escutando o vizinho dizendo em casa que o encontrou na rua nos informe. O Tom já tem seu lar, e hoje todos da nossa casa estão tristes e desesperados a procurada dele. Só queremos ele de volta”. 

    Quem obtiver informações que levem ao paradeiro de Tom deve[...]

    Leia mais
  • Gerente do tráfico no Morro do Caju em Florianópolis é capturado com drogas

    Durante incursão no Morro do Caju, no bairro Saco Grande, em Florianópolis, policiais do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar) da Capital capturaram o traficante DG.

    Na casa dele foram apreendidos, petecas de cocaína,  aparelhos celulares, munições, dinheiro, caderno com  anotações do tráfico de drogas e papel filme para embalar drogas DG.  Ele havia assumido o comando no morro em substituição ao Bipe.

     

  • PMs Rodrigo e Schiessl homenageados na Câmara dos Vereadores de Biguaçu por ato de bravura

    Soldados tiraram uma família das mãos de criminosos e prenderam os bandidos - Divulgação/ND
    Soldados tiraram uma família das mãos de criminosos e prenderam os bandidos - Divulgação/ND



    Os soldados do 24º BPM de Biguaçu, Rodrigo Loureiro Régis e Afonso Schiessl Neto foram homenageados na Câmara dos Vereadores da cidade por ato de  bravura. Após troca de tiros, eles conseguiram prender uma quadrilha que havia invadido um estabelecimento comercial no bairro Bom Viver, em Biguaçu e feito uma família refém. Antes da chegada do Bope, como é corriqueira para ocorrências com reféns, os criminosos já estavam dominados.   

  • A correria no baile Funk do Móca, Florianópolis, quando a PM bateu ainda rende notícia

    A correria foi grande neste fim de semana quando a Polícia Militar bateu no Morro do Mocotó, Florianópolis e terminou com o famoso baile funk do Móca. Cerca de 400 pessoas, a maioria jovem, correu para se abrigar do tiroteio envolvendo policiais e traficantes.  A PM foi para cima por que um Sandero furou a barreira na rua Aníbal Nunes Pires, no Morro da Queimada, acesso ao Mocotó. Por coincidência,  o carro fujão parou ao lado do centro social onde ocorria o baile e quando a viatura chegou próximo foi recebida por uma  “chuva de bala”.
    Um PM ficou ferido e rastejou até a viatura para pedir reforço pelo rádio. Em questões de minutos, o morro ficou cheio de polícia.  Ora, não é somente no Mocotó que acontece baile funk. A diversão corre solta, sem alvará de funcionamento, em todo o Maciço do Morro da Cruz. Os bailes acontecem em associações e por isso é necessário alvará de funcionamento. A Divisão de Jogos e Diversões da Polícia Civil, que[...]
    Leia mais