Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

  • No Figueirense expectativa de mudanças na parte administrativa do clube

    QUERO-QUERO

    Um quero-quero que costuma dá rasantes no gramado do estádio Orlando Scarpelli me informou que internamente muitas coisas precisam ser ajustadas no Figueirense para que alguns profissionais do departamento de futebol permaneçam para a próxima temporada. Aí entra principalmente a questão financeira, além de outros acertos. Afinal, fica difícil trabalhar sem dinheiro no bolso. 

    ATUALIZAÇÃO: Nessa quinta (08) o conselheiro do clube, Nikolas Bottós confirmou que vai assumir a parte administrativa do alvinegro no próximo ano. Mais detalhes em breve aqui na coluna

  • Um quero-quero que dá rasantes no Scarpelli pediu para alertar o presidente Vernalha

    FOGO-AMIGO

    Um quero-quero que dá rasantes no belo gramado do estádio Orlando Scarpelli me soprou no último  sábado que é bom o presidente Cláudio Vernalha ficar atento com o chamado fogo-amigo. Um membro da associação do Figueirense, que não tem “bala na agulha” está querendo trazer de volta alvinegros notáveis para o clube. Um desses convites foi para o ex-presidente Wilfredo Brilliger que já disse que não quer mais saber de futebol.  

  • Bastidores do Conselho Deliberativo do Figueirense: expectativa sobre prestação de contas

    Na noite desta terça-feira (9) ocorreu a reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do Figueirense. Em clima de absoluta tranquilidade, pois a convocação aconteceu apenas em função de uma preocupação do presidente Nicolau Jorge Haviaras em cumprir os prazos necessários dos processos de encaminhamento das eleições do novo conselho e diretoria administrativa da associação que está previsto para ocorrer em dezembro. Tudo corre para uma chapa de consenso. Onde de 110 integrantes, surge a definição da diretoria, conselho fiscal e conselho deliberativo. Os novos associados que poderão votar, além da junta eleitoral serão divulgados brevemente. Sem data defini

    VAI ESQUENTAR

    A coluna conversou demoradamente com um antigo e popular conselheiro, que pediu anonimato. Ele expôs o seguinte: “a reunião foi protocolar”. Mas em função da crise financeira e no campo que vive o Figueirense foi inevitável “algumas conversas aqui e ali sobre o momento do[...]

    Leia mais
  • Apesar do "enquanto tiver chances, vamos lutar", com Micale começa planejamento 2019

    Ontem conversei com uma pessoa com bom trânsito pelos corredores do estádio Orlando Scarpelli, que me garantiu o seguinte: internamente o acesso é avaliado como muito distante, e mesmo que nos microfones continue valendo “o enquanto tivermos chances, vamos lutar”, a vinda do Rogério Micale com o seu contrato até o fim do próximo ano, visou o planejamento de uma “reconstrução para próxima temporada, justamente pelo seu perfil”.

Publicidade
Publicidade