Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

  • Figueirense: os bastidores da saída do treinador Milton Cruz

    DEMISSÃO DO CRUZ

    No Figueirense uma situação inusitada: o treinador é demitido após ganhar o clássico e empatar com o líder Fortaleza fora de casa na sequência. Só que esses resultados considerados excelentes desmoronam no jogo seguinte em casa. Na derrota para o CSA, vice-líder da competição e a consequência extracampo desse resultado negativo, fazem com que Milton Cruz deixe o cargo.  A verdade é que o treinador não assimilou bem a “invasão” na coletiva quando dois torcedores o xingaram. Essas vozes “vazaram” nos áudios da entrevista. Milton Cruz ficou desconcertado, desorientado e não conseguiu organizar as palavras. Mesmo que tenha dito que estava acostumado com essa situação na época em que trabalhava no São Paulo. Foi visível o seu desconforto. Resumo: os fatores externos é que levaram a sua saída. Não havia mais clima para sua permanência.

    PRESSÃO

    Num primeiro momento a diretoria negou a saída do profissional. O presidente Cláudio[...]

    Leia mais
  • Os bastidores sobre o possível retorno do André Santos para o Figueirense

    Segundo um quero-quero bem informado que dá rasantes no  belíssimo gramado do estádio Orlando Scarpelli, o retorno do lateral André Santos para o Figueirense está próximo de acontecer – ou não! 

    Vamos as explicações dos bastidores dessa negociação já negadas pela diretoria do Figueirense para os repórteres que cobre o dia a dia do clube.

    André Santos – que nunca escondeu de ninguém o seu desejo de encerrar a carreira no clube que o projetou para futebol – voltaria  patrocinado por uma empresa local, ou seja, sem custos para o próprio Figueirense.

    O problema é que devido ao atraso de salários e premiações para os jogadores do atual elenco, a vinda de um atleta com status especial e ex-seleção brasileira poderia não ser bem assimilada pelo atual plantel. Por isso, enquanto a diretoria nega, amigos do próprio jogador confirmam essa reaproximação. 

    Na semana passada essa informação circulou nas redes sociais, e as opiniões no geral não[...]

    Leia mais
  • No Figueirense, enquanto a bola não rola, dias agitados: superintendente "perde força"!

    A bola no gramado rola só no sábado diante do Vila Nova no Scarpelli, mas a terça foi agitada no Figueirense: teve jogador reintegrado “passando por cima de superintendente”, teve convocação de protestos por torcida e pra fechar, convocação para a assembleia do conselho deliberativo do clube. É a semana que antecede um jogo difícil e complicado diante de um forte adversário que até essa rodada está no cobiçado grupo dos quatros primeiros colocados. Sobre o jogador Ferrugem que  ontem treinou com o grupo principal e está  à disposição do treinador Marcelo Cabo, um fato interessante – há duas semanas, o superintendente Carlos Arini foi contra o retorno do meia que estava treinador em separado no alvinegro.

    Ferrugem sentiu a coxa ainda no fim do primeiro tempo e não retornou do intervalo - Guilherme Hahn /AGIF/Folhapress
    Ferrugem sentiu a coxa ainda no fim do primeiro tempo e não retornou do intervalo - Guilherme Hahn /AGIF/Folhapress



Publicidade
Publicidade