Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

  • LONDRINA 2 X 0 FIGUEIRENSE: comentário, nota dos jogadores e avaliação do treinador Micale

    A coluna de ontem sobre o jogo do Figueirense diante do Londrina alertava o seguinte: é bom ter cuidado com o atacante Dagoberto. Parece que o goleiro Denis e o time alvinegro não levaram a sério o alerta. O veterano jogador abriu o placar se aproveitando de uma falha grotesca do goleiro do time catarinense e com jogadas individuais desmontou o esquema defensivo, sendo peça importante no segundo gol do Tubarão. A verdade é que foi mais um jogo ruim do Figueira. Excessos de passes curtos sem objetividade, laterais tomando bola pelas costas e falta de criatividade no meio de campo. Mais um resultado ruim que afasta o time do Scarpelli na briga pelo acesso, e agora tem o próprio Londrina como mais um adversário nesse objetivo. Apesar das dificuldades, as chances aconteceram, porém não foram aproveitadas com eficiência.

    DIFICULDADES

    Com a derrota para o Londrina, o Figueirense chega a quatro jogos sem sair de campo com vitória. Situação que vai se complicando cada vez[...]

    Leia mais
  • CRICIÚMA 3 X 2 AVAÍ: comentário, nota dos jogadores e avaliação do treinador Geninho

    O Avaí foi derrotado para o Criciúma no sul do estado pelo placar de 3 x 2. O time do meio para  frente não fez uma partida ruim, foi até melhor que o time da casa, mas a defesa errou demais nas bolas aéreas. Na primeira etapa, o Tigre abriu dois a zero se aproveitando dos erros de marcação e posicionamento do sistema defensivo. Na segunda etapa, com menos de dez minutos, o Avaí chegou ao empate e continuou jogando melhor. Mas no fim, de novo a defesa contribuiu errando na marcação dos cruzamentos. Mais uma rodada que o time da Ressacada vai ficar fora do G4  aumentando a pressão para o acesso nas últimas onze rodadas. 

    ARANHA - Não foi bem. Inseguro, caiu atrasado no primeiro gol e no terceiro soltou a bola nos pés do adversário. Na segunda etapa quase tomou um gol olímpico ao perder o tempo da bola. NOTA 4

    GUGA - Muita voluntariedade, muita briga pela bola. Mas precisa caprichar nos cruzamentos. NOTA 5

    AIRTON - No primeiro gol do Criciuma cometeu falta[...]

    Leia mais
  • FIGUEIRENSE 2 X 2 SÃO BENTO:comentário, nota dos jogadores e avaliação do treinador Micale

    SUOR, CHUVA E TRAPALHADA NO SCARPELLI

    Os 1.535 pagantes que encararam uma noite sexta com frio e muita chuva para torcer pelo Figueirense diante do São Bento no estádio Orlando Scarpelli saíram frustrados por mais um tropeço do alvinegro no campeonato brasileiro da série B. Presenciaram também uma verdadeira trapalhada do árbitro carioca Graziani Maciel Rocha que deu condições de jogos durante mais de oitenta minutos e de repente parou o jogo aos trinta e sete da segunda etapa, alegando falta de condições por causa do estado do gramado. Com o placar em dois a dois, muita pressão do estreante treinador Rogério Micale que não estava contente com o empate. Já o time do São Bento a pressão para que o jogo fosse encerrado, o que de fato ocorreu após o árbitro aguardar trinta minutos e averiguar que não havia condições de prosseguir. Por causa das condições do jogo, fica difícil avaliar a questão técnica do time do Figueirense na estreia do treinador Micale,[...]

    Leia mais
  • FIGUEIRENSE 1 X 2 CSA: comentário, nota dos jogadores e avaliação do treinador Milton Cruz

    Não tem jeito. O Figueirense no estádio Orlando Scarpelli é um tormento para o seu torcedor. Se longe da torcida o alvinegro é forte, jogando em casa é sinônimo de sofrimento. Não consegue se impôr como o dono "do pedaço" e de forma previsível vai dando pontos para os adversários. Nessa tarde de sábado (08) perdeu para o CSA de virada, com direito a um frango do goleiro Denis.  O Furacão até começou melhor, abrindo o placar e passando a impressão de dessa vez tudo daria certo. Elton de cabeça fez o um a zero. Mas aos poucos foi dando campo e espaço para o time visitante que  também de bola parada chegou ao gol de empate. Na segunda etapa, o time do treinador Milton Cruz tentou acelerar a partida, dando espaços para o contra ataque do time alagoano que numa dessas jogadas chegou ao segundo gol, contando com um frango do goleiro Denis. Qual a explicação para mais um tropeço em casa? 

    DENIS - Não fez a sua parte hoje e ainda se mete a bater falta (mal).[...]

    Leia mais
Publicidade
Publicidade