Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Diariamente o comentarista aborda a rotina, contratações e analisa os jogos de Avaí e Figueirense. A história do futebol Catarinense é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que fizeram história no futebol do estado.

  • Curiosidade: Copa do Brasil 2018 teve atacante do Avaí como artilheiro

    ARTILHEIROS

    A Copa do Brasil que terminou na semana passada com a conquista do Cruzeiro tem uma curiosidade: o atacante Rômulo que não veste mais a camisa do Avaí terminou como artilheiro da competição ao lado do Neilton do Vitória e Rodrigo do Santos, com 4 gols marcados. Em outras duas edições, os artilheiros foram de nossos clubes. Em 2007, no vice-campeonato do Figueirense, Victor Simões do alvinegro foi o artilheiro com 5 gols tendo as companhias de André Lima do Botafogo e Dênis Marques do Atlético Paranaense. Em 2011, quando o Avaí chegou até as semifinais da Copa, a dupla de atacantes do Leão da Ilha, William e Rafael Coelho dividiram a artilharias com Alecsandro do Vasco e Adriano e Kléber, que vestiam a camisa do Palmeiras.

  • Futebol raiz respira. Prefeito ex-presidente do Atlético decreta: vai prender cruzeirense

    FUTEBOL RAIZ

    Sabe aquela história de que o futebol está chato? De que qualquer brincadeira possa ser mal interpretada como “politicamente incorreta” e possa prejudicar algo ou alguém? Pois bem, a grande sacada foi do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, ex-presidente do Atlético Mineiro. Ele “decretou” o seguinte que vai prender o torcedor do Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil que buzinar na frente da prefeitura. Sensacional.

  • "O medo de perder tira a vontade de ganhar".O futebol brasileiro está levando isso a sério

    POBREZA TÉCNICA

    “O medo de perder tira a vontade de ganhar”. Esse ditado sendo levado a sério demais no futebol brasileiro. Quem assistiu o primeiro jogo da final da Copa do Brasil entre Cruzeiro e Corinthians ficou agoniado com o excesso de bola retida no meio de campo e pouca objetividade das equipes em busca do gol. O Cruzeiro que venceu por um a zero, “segurou” o placar apostando apenas nas chamadas bolas paradas.

    AFUNILANDO

    A rodada de sábado para a dupla Avaí e Figueirense é decisiva. Para o time da Ressacada que enfrenta o Guarani fora de casa, um tropeço não tira o time do Geninho fora da briga pelo acesso, mas começa a dificultar a luta por esse objetivo. Pois vai permitir que mais equipes se apresentem na briga por uma das vagas à primeira divisão do futebol brasileiro. Aqui no Scarpelli, o Figueirense vai para o jogo do tudo ou nada contra o também desesperado time do Coritiba. Um empate será ruim para as duas equipes, o que se espera, pelo[...]

    Leia mais
  • Amistosos da Seleção longe dos nossos gramados esfriam a relação com o torcedor brasileiro

    BRASIL

    O Brasil tem mais três amistosos marcados até o fim do ano. Diante da Arábia Saudita na sexta, contra a Argentina no dia 16.  Ontem foi confirmado um confronto diante do Uruguai na Inglaterra dia 16 de novembro. E curiosamente nenhuma dessas partidas serão em nossos gramados.  Isso porque, não é segredo para ninguém, a CBF “vendeu” a agenda da seleção.  Joga em Londres, nos EUA, na Arábia Saudita e nada de jogar por aqui em nosso país com o calor do torcedor. Aí quando chegar a Copa América na metade do ano que vem, não vai adiantar reclamar da frieza da nossa torcida.

Publicidade
Publicidade