Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Conselhos de segurança emitem nota de repúdio contra decisão de audiência de custódia

    A Amecon (Associação Metropolitana de Conselhos Comunitários) e os Consegs de Florianópolis divulgaram na tarde deste domingo (20) uma nota de repúdio contra a decisão da audiência de custódia que liberou, no sábado (19), o homem preso pela PM com um fuzil AR-15. Os representantes das entidades anunciaram que levarão o caso à corregedoria-geral de Justiça e ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

  • Órgãos de segurança planejam ações para a temporada na Barra da Lagoa, em Florianópolis

    As polícias Militar e Civil participaram, nesta quinta-feira (10), na prefeitura, de uma reunião emergencial para discutir ações na Barra da Lagoa. Os moradores reclamam de insegurança e chegaram a propor a redução dos horários de ônibus com o objetivo de combater "a desordem e a violência".  A diminuição, no entanto, já foi descartada.

    Segndo o presidente do conselho comunitário, Hamilton Fernandes dos Santos, serão avaliadas apenas mudanças na frequência de algumas linhas que fazem o percurso. Os locais esperam reforço nas operações policiais e também mais fiscalização da Vigilância Sanitária em relação aos vendedores ambulantes. "Isso vai acabar com a zona de conforto de quem faz comércio ilegal, por exemplo, que contam com a ausência de fiscalização. Agora vai ser diferente", afirma Hamilton.

    Leia mais
  • “O binômio álcool e direção é um flagelo”, diz novo secretário de segurança da Capital

    Depois de 10 meses à frente da SSP, na gestão Eduardo Pinho Moreira (MDB), o advogado e professor Alceu de Oliveira Pinto Júnior assumiu nesta sexta-feira a Secretaria de Segurança Pública de Florianópolis. Ele disse que o trabalho em relação à Lei Seca “vai ser intensificado” e que a atuação vai ser pautada pela prevenção e pela integração.

    O senhor assume o cargo falando em focar na prevenção e integração. Como isso vai acontecer na prática?
    Alceu de Oliveira Pinto Júnior - A prevenção parte de alguns pressupostos. Quando se trata de criminalidade, trabalhamos em três níveis E a primária é tudo que pode acontecer antes do crime: casa, em casa, na educação, no trabalho etc.  Nossa atuação tem que ser a longo prazo, para evitar que as pessoas ingressem na criminalidade. E isso só é possível acontecer se houver integração entre os órgãos do município e também com instituições do Estado, e não só da segurança etc. Não temos um[...]

    Leia mais
  • Alceu Pinto Jr assume secretaria de segurança de Florianópolis e defende foco preventivo

    Depois de 10 meses à frente da secretaria estadual de segurança pública, o advogado e professor Alceu de Oliveira Pinto Júnior assumiu nesta sexta-feira (4) a secretaria de segurança de Florianópolis. Na solenidade, ele destacou a queda dos índices de criminalidade no Estado em 2018 e defendeu uma ação integrada, com foco na polícia preventiva e comunitária. A posse foi acompanhada pela mulher, Samantha, que levou a pequena Dominique, de apenas 10 dias .O prefeito Gean Loureiro (MDB) disse que o novo secretário tem autonomia para montar a equipe.