Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Acordo prevê retomada da área da "faixa de gaza", entre Florianópolis e São José

    A equipe da força-tarefa DOA (Defesa, Orientação e Apoio às Pessoas em Situação de Rua) fez nova limpeza, nesta quinta-feira (27), no entorno do viaduto da Josué di Bernardi, entre Florianópolis e São José. A quantidade de resíduos retirada do local diminuiu em relação às últimas ações, mas ainda foi significativa. A ação faz parte do esforço para a retomada da chamada “faixa de gaza”, região conhecida como terra sem lei e com altos índices de criminalidade.
    Fruto de um acordo formalizado na semana passada com o promotor de Justiça Daniel Paladino, da 30ª Promotoria de Justiça da Capital, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) já começou obras no local, com prazo de entrega em 30 dias. Depois disso, ainda conforme o compromisso firmado com o MP-SC, a Prefeitura de Florianópolis vai providenciar a revitalização do espaço público – usado como depósito de lixo e refúgio a moradores de rua –, com a colocação de[...]

    Leia mais
  • Aprovado projeto que cria cargos comissionados na Prefeitura de São José

    Em sessão tensa, a Câmara de São José aprovou nesta segunda-feira (24), por 10 votos a 5, a criação de 15 novos cargos comissionados na estrutura da administração municipal.  A bancada governista defendeu a proposta, argumentando que as vagas são necessárias para atendimento de novas demandas. A oposição contestou, argumento que o momento de crise não combina com aumento da máquina e de gastos com pessoal.

    Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, a maior parte dos cargos será para atuação no CEU (Centro de Esportes e Arte Unificados) do bairro Ipiranga, que será inaugurado sábado. “Para viabilizar a abertura, foram chamados alguns concursados e, nas áreas em que não tínhamos concurso em aberto, a saída foi criar estes cargos”, explica nota enviada à coluna.

  • Grande Florianópolis já perdeu R$ 73,7 milhões em royalties de petróleo

    Desde que uma liminar suspendeu as novas regras de distribuição dos royalties do petróleo, há cinco anos, Santa Catarina deixou de receber R$ 828 milhões em repasses. Na Grande Florianópolis, o valor chegou a R$ 73,7 milhões. Os municípios da região que mais tiveram perdas foram Florianópolis (R$ 37 milhões), São José (R$ 14,2 milhões), Palhoça (R$ 13,1 milhões) e Biguaçu (R$ 6,4 milhões). No caso da Capital, significa, por exemplo, quatro vezes o investimento feito pelo Iphan na restauração da Casa de Câmara e Cadeia. As cifras estão em levantamento da Fecam (Federação Catarinense de Municípios), que coordena no Estado o movimento que exige que o Supremo Tribunal Federal coloque na pauta o julgamento sobre a liminar.

    Municípios esperam que os ministros do STF coloque na pauta o julgamento da liminar - Nelson Jr.,divulgação STF, ND
    Municípios esperam que os ministros do STF coloque na pauta o julgamento da liminar - Nelson Jr.,divulgação STF, ND




    Leia mais
  • Guardas municipais de Florianópolis terão curso preparatório em escola de tiro de São José

    A Secretaria de Segurança Pública de Florianópolis contratou, com dispensa de licitação, a escola de tiro de São José,que vai dar cursos de preparação aos guardas municipais para o teste de credenciamento que é feito pela Polícia Federal. O prazo do contrato, com valor de R$ 61.422,50, é de seis meses, prorrogável por igual período. A escola já foi frequentada por Adélio Bispo de Oliveira, agressor de Jair Bolsonaro (PSL), e pelos filhos do candidato à Presidência.