Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Perto de deixar cargo, Raimundo Colombo volta a defender recuperação da Ponte Hercílio Luz

    Às vésperas de deixar o governo para disputar o Senado, Raimundo Colombo (PSD) voltou a defender os investimentos na recuperação da Ponte Hercílio Luz, que lhe renderam críticas. “Uma nova ponte traria uma série de questões ambientais e um custo bem maior. Além disso, estudos técnicos indicam que a Hercílio Luz tiraria 22% do  movimento das duas pontes, que está chegando a 200 mil veículos por dia”, afirmou na quinta-feira, em entrevista ao Grupo RIC. Ele também reiterou a defesa de que o equipamento seja reaberto para o tráfego normal de veículos. O investimento significativo não justifica, segundo ele, que a ponte seja usada apenas para lazer e convivência de pedestres.

    Das três pontes que ligam Ilha ao continente, a Hercílio Luz é a única que passa por uma restauração completa - Daniel Queiroz/ND



  • Governador Raimundo Colombo começa transição administrativa em janeiro

    Em encontro com jornalistas nesta quarta-feira, na Casa d' Agronômica, o governador Raimundo Colombo (PSD) fez um rápido balanço sobre o ano  confirmou que renuncia ao cargo em abril de 2018 para viabilizar sua candidatura ao Senado.

    Afirmou ainda que começa a transição em janeiro e que já vem conversando com o vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) sobre os principais temas do Executivo. Ele defendeu a reforma da Previdência e fez uma avaliação positiva de 2017. "Terminamos o ano muito bem, vencendo os desafios", afirmou. 

    Governador Raimundo Colombo fez balanço sobre 2017 - Fabio Gadotti, ND
    Governador Raimundo Colombo fez balanço sobre 2017 - Fabio Gadotti, ND





  • Raimundo Colombo: "Não temos nenhuma chance sem mudar o modelo atual"

    Em evento para assinatura de repasses da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) a projetos de inovação e pesquisa, o governador Raimundo Colombo (PSD) defendeu nesta terça-feira reformas estruturais urgentes no país. "Nao temos nenhuma chance sem mudar o modelo atual", falou, citando a necessidade de projetos nas áreas da previdência, trabalhista e política. Ao lado do mministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o governador afirmou que "o custo do setor público é incompatível" e criticou a burocracia - "poder imenso"- e o tamanho da estrutura estatal.