Publicidade
Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 25º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região, sob a ótica do experiente e muito bem informado jornalista.

  • Casan e Prefeitura de Florianópolis conhecem a orla de Santa Mônica, em Los Angeles

    Técnicos da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento e da Prefeitura de Florianópolis começaram nesta segunda-feira, em Los Angeles, as visitas ao Santa Mônica Urban Runoff Recycling Facility, que usa um modelo similar ao que será adotado no processo de despoluição da Beira-Mar Norte. "É uma unidade que faz o tratamento do escoamento de base e impede que a água da drenagem chegue à orla sem tratamento. Fazem com que a água possa ser utilizada em outras coisas", afirma o engenheiro Alexandre Trevisan, da Casan.

    Engenheiros da Casan estão nos EUA para conhecer sistema da orla de Santa Mônica - Divulgação, ND
    Da esquerda para a direita, os engenheiros Rodrigo Maestri. Alexandre Trevisan e Lucas Arruda - Divulgação, ND



  • "A cada R$1 investido no Carnaval, R$ 5 voltam em hotelaria e consumo", diz Liesf

    Em conversa nesta segunda-feira à tarde com a Liesf  e presidentes das escolas, Gean Loureiro (PMDB) reiterou que, a exemplo do que ocorreu no início deste ano, a administração municipal não vai fazer repasses diretos às agremiações e que o Carnaval 2018 terá que ser viabilizado com recursos da iniciativa privada. Ele matou no peito o modelo idealizado pelo staff da Secretaria de Turismo, que pretende viabilizar o desfile na passarela Nego Quirido com a arrecadação das atrações da arena central, responsabilidade das empresas que vencerem o edital a ser lançado pela prefeitura. Também ficou acertada a assinatura de um convênio para a cessão da passarela para a Liga. Isso vai garantir R$ 1,5 milhão para as seis escolas do Grupo Especial.

    Reunidos em seguida, reservadamente, os dirigentes resolveram aceitar a proposta e garantir o restante dos recursos via Lei Rouanet e governo do Estado. “O que conseguirmos arrecadar a mais é que vai definir a qualidade do[...]

    Leia mais
  • Câmara de Florianópolis analisa contas da gestão Cesar Souza Jr

    Aprovadas com ressalvas pelo pleno do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que contrariou o relatório técnico, as contas 2015 da gestão Cesar Souza Jr (PSD) voltam à berlinda na sessão desta segunda-feira da Câmara de Florianópolis. Os vereadores podem decidir pela aprovação, seguindo a Comissão de Orçamento da casa, ou optar pela rejeição, o que tornaria o atual secretário estadual de Assuntos Estratégicos inelegível. A movimentação política de bastidores é grande, e o resultado, imprevisível. São necessários 16 votos para que as contas sejam rejeitadas.

    Cesar Souza Jr - arquivo ND
    Ex-prefeito Cesar Souza Jr - arquivo ND



  • Previdência municipal é pivô de novo impasse entre governo Gean Loureiro e servidores

    Em novo embate, o governo Gean Loureiro (PMDB) e o Sintrasem, o sindicato dos servidores municipais, protagonizam uma guerra de versões. No centro, a situação previdência. Os sindicalistas alegam que a “prefeitura descontou R$ 23 milhões da folha dos trabalhadores e não repassou ao fundo previdenciário”. Falam, inclusive em crime de improbidade administrativa do prefeito. De outro lado, o Executivo alega que está rigorosamente em dia com os repasses. Divulgou, nesta quinta-feira, declaração assinada pelo presidente do Ipref (Instituto Municipal de Previdência), Marcelo Panosso Mendonça, que registra que as transferências das contribuições descontadas dos segurados foram feitas normalmente até setembro. Afirma ainda que está sendo realizado um “lançamento contábil apropriado” para corrigir inconsistências e que esse trabalho “tem ajustado e corrigido as inconsistências pretéritas que causam frisson intempestivo”. Desde ontem, a categoria está em[...]

    Leia mais