Publicidade
Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • MPF pede inquérito para averiguar situação de museu de Florianópolis

    Com base numa denúncia anônima, o procurador Eduardo Barragan, do Ministério Público Federal, pediu à PF, no último dia 6, a abertura de um inquérito policial para averiguar a situação do Museu do Homem do Sambaqui, na rua Esteves Jr., em Florianópolis. O alerta também foi encaminhado ao Ministério Público estadual, Iphan (Instituto do Patrimônio e Histórico Nacional) e Ibram (Instituto Brasileiro de Museus).
    A coluna teve acesso à documentação, que aponta o sumiço de pelo menos 160 itens e negligência na manutenção do acervo e questiona as condições de armazenamento da reserva técnica. Registra o desaparecimento de artefatos arqueológicos com 6 mil anos de idade, peças históricas que remontam à Guerra do Paraguai, além de espadas, condecorações e outros itens. Também cita a falta de toda a Coleção do Antigo Liceu de Artes e Ofícios de Florianópolis, adquirida pelo museu em 1924.
    Com um dos maiores acervos do Sul, o museu foi fundado em 1909. É[...]

    Leia mais
  • Com acervo de preciosidades, museu naval completa dois anos em Florianópolis

    Instalado no prédio tombado da antiga Capitania dos Portos, no centro de Florianópolis, o museu naval da Marinha completou dois anos de funcionamento em julho com a marca de 15 mil visitantes, especialmente crianças de escolas públicas e privadas. Para novembro, segundo o capitão de mar e guerra da reserva, Jorge Affonso Dutra Souto, está prevista a inauguração da uma biblioteca técnica. Entre as cerca de 2 mil peças expostas, reunidas numa parceria com o Instituto Cultural Soto, preciosidades como o primeiro esboço do brasão da bandeira do Império, as primeiras moedas cunhadas no Brasil, modelos de barcos usados na Guerra do Paraguai e instrumentos de navegação. As visitas, gratuitas, podem ser feitas das 10h às 17h, de terça a sábado, com agendamento para turmas de estudantes. "O museu mostra a importância do mar para a nossa economia", afirma Jorge Souto, curador do espaço, que pretende incrementar o local com uma loja de souvenirs e um café.

    Museu está na antiga sede da Capitania dos Portos, no centro de Florianópolis - Flávio Tin, ND
    Museu[...]
    Leia mais
  • Museus catarinenses usam a tecnologia para aproximar os visitantes

    Nesta sexta-feira (18), é comemorado o Dia Internacional dos Museus e até domingo muitas atrações acontecem pelo Estado.  Mais do que comemorar a data, o objetivo é valorizar ainda mais esses espaços tão importantes para a preservação da memória e desenvolvimento da cultura. Com o tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, a Semana Nacional dos Museus deste ano busca aproximar as instituições e os visitantes por meio da tecnologia, em todo o país.

    Aqui em Santa Catarina um exemplo é a Casa de Campo do ex-governador Hercílio Luz, em Rancho Queimado, que a partir de agora apresenta uma novidade: o acervo está disponível para consulta online em smartphones com conexão 3G e 4G, trazendo mais informações para os visitantes. A partir de um código QR Code, quem passa por lá poderá conferir detalhes a respeito de 10 itens entre objetos, mobílias e ambientes. Para verificar as informações basta posicionar a câmera do smarthphone[...]

    Leia mais
  • Museu Etnográfico Casa dos Açores está pronto para receber turistas no verão

    O Museu Etnográfico Casa dos Açores, que a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) administra em Biguaçu, está pronto para a temporada de verão, quando recebe um maior volume de visitantes. O edifício do século 19 teve suas esquadrias restauradas, além da limpeza e repintura de toda a fachada. Para marcar o término das intervenções, será aberta a exposição com as peças doadas pelo Grupo Arcos Pró-Resgate da Memória Histórica, Artística e Cultural de Biguaçu. No acervo, estão trajes típicos, instrumentos musicais, cestaria, cerâmica, rendas e jogos infantis que remetem à tradição dos colonizadores açorianos no litoral catarinense.

    Museu Etnográfico dos Açores, em Biguaçu - divulgação ND
    Museu Etnográfico dos Açores, em Biguaçu - divulgação ND