Publicidade
Domingo, 20 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 23º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Com lote de nomeações, Gean avança em definições sobre comissionados

    Com a publicação de 71  decretos no "Diário Oficial" que circulou nesta sexta-feira (18), Gean Loureiro (MDB) deu mais um passo no remanejamento administrativo previsto para o início do segundo tempo do governo. São atos que tornam sem efeito exonerações realizadas no final de 2018 e de novas nomeações que, na prática, preenchem 97 vagas de comissionados em vários setores da administração municipal. O prefeito está fazendo uma reavaliação geral do desempenho dos colaboradores e está decidindo, aos poucos, quem será mantido ou trocado. Todas as mudanças devem ser feitas até o final de janeiro.

  • Pressão popular viabiliza CPI sobre o sistema de transporte coletivo de Florianópolis

    Reivindicada por uma campanha virtual que já recebeu 5.700 apoios em menos de uma semana e encampada pelos vereadores da oposição, a instalação de uma CPI sobre o transporte coletivo de Florianópolis agora conta também com o respaldo do prefeito Gean Loureiro (MDB) e da sua base de sustentação na Câmara. O vereador Renato Geske (PR), líder do governo, protocolou nesta quarta-feira (9) um pedido oficial de abertura da comissão parlamentar de inquérito. 

    "A população está pedindo, apoiando o abaixo-assinado, vamos averiguar tudo", afirmou Geske à coluna, que defendeu investigação sobre os custos do sistema, os aumentos da tarifa,  a licitação feita em 2014 e apuração da responsabilidade dos terminais de ônibus que nunca foram utilizados.

    O requerimento tem nove assinaturas: além de Renato, subscreveram o documento os vereadores Guilherme Pereira (MDB), Tiago Silva (MDB), Jeferson Backer (PSDB), João Luis da Silveira (PSC), Gabriel Meurer (PSB),[...]

    Leia mais
  • Gean Loureiro encerra trocas na Prefeitura de Florianópolis até o fim de janeiro

    A prestigiadíssima posse do novo secretário municipal de Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, na sexta-feira (4), não significa um ponto final na reforma do colegiado que marca o segundo tempo do governo Gean Loureiro (MDB).

    O prefeito diz que os ajustes na máquina administrativa estarão concluídos até o fim de janeiro. Entre os comissionados do segundo escalão que foram exonerados em massa - em edição do "Diário Oficial" do dia 31 -, o clima é de expectativa e tensão. Ainda há dúvida sobre quem vai ficar na prefeitura.

  • Terceiro ano da gestão Gean Loureiro inicia com mais de 250 exonerações de comissionados

    O último "Diário Oficial" de 2018 circulou com uma lista de 267 comissionados exonerados por Gean Loureiro (MDB). Mas nem todos estão, necessariamente, fora do governo. O prefeito está fazendo uma reavaliação geral do desemepnho dos colaboradores e vai decidir quem será mantido ou trocado no segundo tempo de mandato, que começa agora.

    Além disso, foram publicados os decretos que formalizaram as mudanças no primeiro escalão já anunciadas por Gean: Everson Mendes (Casa Civil), Katherine Schreiner (Administração), Sandro José da Silva (Transparência e Controle), Márcio José Alves (Comcap) e Maria Cláudia Goulart da Silva (Assistência Social). Mas podem ocorrer outras alterações no colegiado neste início de terceiro ano de governo.