Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Arena Petry quer colocar Grande Florianópolis na rota de espetáculos internacionais

    Os empreendedores da Arena Petry, que vai ser inaugurada no dia 1º de dezembro com Marília Mendonça e a dupla Fernando & Sorocaba, querem que a megaestrutura coloque a região na rota de shows internacionais. A meta inicial é trazer seis atrações de fora em 2019. Três artistas já receberam propostas e outros três ainda estão em prospecção, segundo o diretor comercial Roberto Petry. Uma ideia é pegar carona com o Rock in Rio e aproveitar a constelação que virá ao país para o festival, programado para final de setembro e início de outubro. Um dos objetos do desejo é trazer o Cirque du Soleil.

  • Adiada escolha da empresa que vai fiscalizar recuperação das pontes de Florianópolis

    Em função de recurso apresentado pelo consórcio LBR - Carmona, foi adiada a abertura dos envelopes, prevista para esta quarta-feira (14), das propostas técnicas da licitação para escolha da empresa que ficará responsável pela supervisão das obras de recuperação das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, em Florianópolis. As duas ligações entre Ilha e Continente, inauguradas respectivamente em 1975 e 1991, nunca passaram por reformas.

  • Delegado-geral da Polícia Civil fala sobre convocação de aprovados em concurso de 2014

    O delegado-geral da Polícia Civil catarinense, Marcos Ghizoni, afirma que “tem total interesse" em atender a reivindicação e convocar os aprovados no concurso para delegado realizado em 2014. Segundo ele, há três questões que precisam ser equacionadas antes: atendimento à LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), execução das promoções em andamento e cujos processos estão em fase intermediária de análise, e realocação de delegados que se aposentaram por força de liminar judicial e que estão retornando à ativa por derrubada da decisão.

  • Avança emenda que reduz repasses orçamentários para a Câmara de Florianópolis

    Com a aprovação pela Comissão de Constituição e Constituição, nesta terça-feira (13), avançou na Câmara de Florianópolis o projeto de emenda à Lei Orgânica que reduz o valor do repasse da prefeitura à Câmara de Vereadores a partir do ano que vem. Pela proposta, o percentual de 5% do orçamento do município passa para 4,5% em 2019 e 4% em 2020. A estimativa é que a mudança signifique, nos dois anos, R$ 13,5 milhões a mais nos cofres do Executivo.

    Agora, o texto vai para a Comissão de Orçamento antes da votação em plenário. Em 2017 a Câmara devolveu R$ 6,8 milhões dos R$ 58 milhões disponíveis. Mostra que tem gordura orçamentária para ir além da emenda apresentada pelo vereador Gabriel Meurer (PSB).