Publicidade
Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Marcada reunião para escolha de presidente e relator de CPI do Transporte de Florianópolis

    Os integrantes da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do transporte público da Câmara de Florianópolis fazem nesta segunda-feira (18) a primeira reunião de trabalho. Serão escolhidos o presidente e o relator.  Fazem parte da comissão os vereadores Afrânio Boppré (PSOL), Claudinei Marques (PRB), Guilherme Pereira (MDB), Lino Peres (PT) e Renato Geske (PR). 

    A CPI vai tratar dos estudos que fundamentaram a implementação do terminal de integração do centro (Ticen), possíveis irregularidades no processo licitatório da concessão dos serviços e ainda a não utilização dos terminais de integração do Continente e do Saco dos Limões.

  • Câmara de Florianópolis rejeita concessão de medalha ao senador Esperidião Amin

    Sem os 16 votos necessários para aprovação do projeto, a Câmara de Florianópolis acabou rejeitando nesta terça-feira (12) a concessão da Medalha Manezinho Aldírio Simões ao senador Esperidião Amin (PP). Dois vereadores, Lino Peres (PT) e Marcos José de Abreu, o Marquito (PSOL), se abstiveram e outros dois (Guilherme Pereira/MDB e Afrânio Boppré/PSOL) saíram do plenário. Autor da proposta, Marcelo Fernando de Oliveira (PP) disse que está “indignado”.

    “O homenageado não pede para receber a medalha. Ele foi prefeito, governador, é senador e foi, inclusive, candidato à Presidência da República. Eu estava homenageando um autêntico manezinho da Ilha, que tomava café no Ponto Chic, joga dominó e era amigo do Aldírio. Lamento a posição dos vereadores”, afirma Marcelo. 

  • Definidos integrantes da CPI do transporte coletivo de Florianópolis

    Na sessão desta terça-feira (12), foram escolhidos os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito instalada para investigar o transporte coletivo de Florianópolis desde 2002. A CPI será composta por Afrânio Boppré (PSOL), Claudinei Marques (PRB), Guilherme Pereira (MDB), Lino Peres (PT) e Renato Geske (PR). Eles têm três dias escolher presidente e relator.

    A comissão vai tratar dos estudos que fundamentaram a implementação do terminal de integração do centro (Ticen), possíveis irregularidades no processo licitatórioda concessão dos serviços e ainda a não utilização dos terminais de integração do Continente e do Saco dos Limões.

  • Judiciário nega liminar e mantém votação que elegeu presidente da Câmara de São José

    Em decisão desta segunda-feira (11), o juiz Otávio José Minatto, da Vara da Fazenda Pública de São José, negou a concessão de liminar em mandado de segurança que pretendia tornar nula a eleição para a presidência da Câmara de Vereadores. Segundo o magistrado, no caso não há demonstração inequívoca da "violação direta à Constituição, sobretudo porque o que se verificou foi uma minoria 'vencida', e não uma minoria 'sufocada'".

    Na sentença, Minatto também registrou que a discussão sobre a aplicação de critérios regimentais não justifica a intervenção do Judiciário. "Apesar de eventualmente ter se posicionado de outra forma em casos pontuais, é possível afirmar que o Supremo Tribunal Federal caminha no sentido de recusar a interferência no Poder Legislativo, sobretudo no domínio dessas questões orgânicas, as quais devem ser primordialmente solucionadas no próprio âmbito do Legislativo", afirmou no despacho.

    No mandado de segurança, os[...]

    Leia mais