Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

  • Órgãos de segurança planejam ações para a temporada na Barra da Lagoa, em Florianópolis

    As polícias Militar e Civil participaram, nesta quinta-feira (10), na prefeitura, de uma reunião emergencial para discutir ações na Barra da Lagoa. Os moradores reclamam de insegurança e chegaram a propor a redução dos horários de ônibus com o objetivo de combater "a desordem e a violência".  A diminuição, no entanto, já foi descartada.

    Segndo o presidente do conselho comunitário, Hamilton Fernandes dos Santos, serão avaliadas apenas mudanças na frequência de algumas linhas que fazem o percurso. Os locais esperam reforço nas operações policiais e também mais fiscalização da Vigilância Sanitária em relação aos vendedores ambulantes. "Isso vai acabar com a zona de conforto de quem faz comércio ilegal, por exemplo, que contam com a ausência de fiscalização. Agora vai ser diferente", afirma Hamilton.

    Leia mais
  • Obras da ponte da Barra da Lagoa, em Florianópolis, estão paradas

    A ponte da Barra da Lagoa está com as obras paradas desde os últimos dias de dezembro. Serão retomadas, segundo o Deinfra (Departamento de Infraestrutura), na segunda quinzena de janeiro. Uma das justificativas é técnica: finalizada a laje, é necessário aguardar a “cura” do concreto, procedimento que permite a hidratação do cimento e aumenta a resistência do material.

    Além disso, a paralisação foi motivada pela alta temporada e o trânsito intenso de veículos no local. O conselho comunitário da Barra está preocupado com o andamento dos trabalhos, pois a licença ambiental expira em março. O Deinfra, no entanto, garante que esse “recesso’ no canteiro de obras não vai prejudicar o cronograma. Explica que a etapa da concretagem foi antecipada justamente para ter essa margem nos primeiros dias do ano

  • Com sinalização de diálogo sobre pedidos, comunidade da Barra da Lagoa cancela protesto

    Com o compromisso de abertura de um diálogo com a Prefeitura de Florianópolis, os moradores da Barra da Lagoa cancelaram o protesto que estava previsto para a manhã deste domingo (6). Segundo o presidente do conselho comunitário, Hamilton Fernandes dos Santos, será feita uma reunião nesta segunda-feira (7), às 8h, com a presença do secretário de Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto Júnior, para discutir os problemas relacionados ao comércio ilegal e ocupação das calçadas. Também está prevista a participação de representantes da secretaria de Assistência Social para tratar sobre os moradores em situação de rua.

    A comunidade organizou o protesto alegando que não estava sendo ouvida pela administração municipal. Uma das reivindicações é a diminuição dos horários de ônibus durante a temporada de verão "com o objetivo de reduzir a desordem e a violência". Em post publicado neste sábado, a Secretaria de Mobilidade manifestou-se sobre o assunto.

    Leia mais
  • Moradores de praia de Florianópolis fazem pedido inusitado: menos ônibus no verão

    A Secretaria de Mobilidade de Florianópolis recebeu um pedido inusitado, feito pelo Conselho Comunitário da Barra da Lagoa: a redução dos horários de ônibus nos finais de semana, “com o objetivo de reduzir a desordem e violência” na temporada de verão. Segundo os moradores, os problemas vêm aumentando e tornando a praia “inviável” durante a temporada.

    Em ofício enviado à administração municipal, o presidente Hamilton Fernandes dos Santos lembrou a confusão ocorrida no dia 16 de dezembro, quando quatro pessoas foram detidas após uma briga generalizada no centrinho da praia. Um policial chegou a ficar ferido durante a confusão. “O mesmo não se vê na Praia Mole, Jurerê Internacional e outras praias”, afirma Hamilton Fernandes dos Santos.

    Segundo o secretário de Mobilidade Marcelo Roberto da Silva, o quadro de horários do transporte coletivo para a temporada começou a ser adotado no dia 26 de dezembro e atende a todos, não só turistas. “Os[...]

    Leia mais