Publicidade
Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 32º C
  • 23º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

Órgãos de segurança planejam ações para a temporada na Barra da Lagoa, em Florianópolis

Moradores reclamam de insegurança e cobram fiscalização para impedir o comércio ilegal

Fabio Gadotti

As polícias Militar e Civil participaram, nesta quinta-feira (10), na prefeitura, de uma reunião emergencial para discutir ações na Barra da Lagoa. Os moradores reclamam de insegurança e chegaram a propor a redução dos horários de ônibus com o objetivo de combater "a desordem e a violência".  A diminuição, no entanto, já foi descartada.

Segndo o presidente do conselho comunitário, Hamilton Fernandes dos Santos, serão avaliadas apenas mudanças na frequência de algumas linhas que fazem o percurso. Os locais esperam reforço nas operações policiais e também mais fiscalização da Vigilância Sanitária em relação aos vendedores ambulantes. "Isso vai acabar com a zona de conforto de quem faz comércio ilegal, por exemplo, que contam com a ausência de fiscalização. Agora vai ser diferente", afirma Hamilton.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade