Publicidade
Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Descrição do tempo
  • 16º C
  • 11º C

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens da cidade e da região

Entidades empresariais repudiam projeto da Câmara de Florianópolis

Aumento de verba de gabinete para assessores repercute entre lideranças

Fabio Gadotti

Entidades empresariais de Florianópolis repudiaram, nesta terça-feira (12), o projeto de resolução da Câmara que aumenta em 15% a verba para contratação de assessores nos gabinetes dos 23 vereadores. 

Em nota, a Associação Comercial e Industrial de Florianópolis afirmou que a iniciativa, classificada de "infeliz e temerária", coincide com uma "crise econômica histórica e de imensas dificuldades da prefeitura em manter a qualidade mínima dos serviços essenciais". A Acif repudiou "com veemência" a iniciativa, dizendo que contrasta com a realidade da população, que enfrenta "um cenário de desemprego e severas dificuldades econômicas". 

A entidade também relembrou compromisso assumido por alguns vereadores, durante a campanha, em não aumentar as despesas e custos do Legislativo. "Nossa expectativa é de que a iniciativa seja rejeitada na Comissão de Constituição.e Justiça, sequer indo à votação no plenário, evitando o desgaste do Poder Legislativo".

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Florianópolis, Lidomar Bison, o projeto "é prova de que nossos vereadores realmente transitam em um plano de existência diferente de nossos associados, que praticamente precisam fazer milagre para continuar com seus negócios abertos na Capital, gerando empregos e divisas." Para Lidomar, o momento é "absolutamente inoportuno". "O que nossa cidade menos precisa é de mais cargos comissionados para acomodar forças políticas", disse.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade