Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C
  • Polícia fecha casa de prostituição e apreende dançarinas com drogas no Sul do Estado

    A polícia fechou uma casa de prostituição que funcionava entre os municípios de Gravatal e Armazém, no Sul do Estado, onde deteve dançarinas com maconha. A interdição foi o resultado de uma ação a pedido do Ministério Público sobre o tráfico de drogas, além de várias ocorrências policiais registradas na boate.

    As medidas cautelares solicitadas à Justiça pelo Ministério Público foram aceitas e quinta-feira à noite os mandados de busca e apreensão cumpridos por uma força-tarefa integrada por policiais civis e militares.  Além do alvará de funcionamento estar vencido, os agentes ainda apreenderam drogas nos quartos.

  • Acusado de matar duas mulheres no trânsito da Capital vai a júri popular no mês que vem

    O estudante de engenharia Pietro Gusen, 26 anos, acusado pela morte de duas mulheres no trânsito de Florianópolis em 2017 vai ser julgado no próximo mês na Capital. Solange Dutra  Pereira e Neurci Silva, seguiam de motoneta Biz para o trabalho, na Maternidade Carmela Dutra, quandom foram atingidas pelo carro guiado pelo universitário na SC-401, no Bairro Saco Grande. As mulheres morreram no local. O estudante estava embriagado e foi preso em flagrante. Atualmente, ele aguarda julgamento em liberdade.

  • Tarado ataca mulheres em ponto de ônibus no bairro Costeira, em Florianópolis

    Um tarado está atacando mulheres em pontos de ônibus da avenida Jorge Lacerda, no bairro Costeira do Pirajubaé, em Florianópolis. Ele é magro, alto, não usa barba e tem aproximadamente entre 25 a 30 anos.

    Neste domingo (5), uma vítima de 31 anos foi atacada quando aguardava o ônibus para ir trabalhar. Ela passou um áudio, pelo aplicativo WhatsApp, pedindo socorro para o marido. Disse que foi agarrada duas vezes em frente a uma padaria. O marido pegou o carro  e foi ao encontro da companheira.

    O casal rodou pela área em busca do tarado,  mas não conseguiu encontrá-lo. Eles registraram boletim de ocorrência na Polícia Civil. No mês passado, o suspeito atacou uma garota que trabalha num supermercado do bairro.

  • Apreendidas cartas de facção orientando mulheres de presos a assumirem o tráfico em SC

    Cartas orientando mulheres de presos a tomarem a frente no tráfico de drogas, estatutos do PGC (Primeiro Grupo Catarinense) e outras anotações sobre a facção são alguns de uma série de documentos apreendidos por policiais da Draco/Deic (Divisão de Repressão ao Crime Organizado) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais em unidades prisionais e em casas de alvos. De acordo com o delegado Antônio Seixas Jóca, cerca de 120 policiais foram destacados para cumprir 16 mandados de prisão temporária.

    Deste total, dez medidas cautelares foram cumpridas nas unidades prisionais de Florianópolis, São José, Joinville, Blumenau e Lages, de onde o PGC comanda o tráfico de drogas. Todos os presos investigados pertencem à cúpula da “firma” e, segundo Jóca, a ação policial foi mais focada no Morro do Mocotó, onde estão sediadas as principais lideranças da facção. “Porém não conseguimos botar a mão no número 1, que está a com a prisão decretada[...]

    Leia mais