Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C
  • Encontro da mulher policial catarinense acontece neste fim de semana em Tubarão

    A abertura do 29º encontro da Mulher Policial Civil Catarinense acontecerá nesta sexta-feira (31) no Hotel Sandrini, em Tubarão. O encontro anual é uma forma de integração entre as policiais da corporação. O evento discute melhorias para as mulheres da Polícia Civil, planejando ações e metas, além de contar com uma confraternização. O tema deste ano é "Virtude e dignidade da mulher Policial Civil". O evento inicia às 20h e vai até domingo, 2 de setembro.

  • Ladrões assaltam casa em Tubarão, levam o carro e exigem R$ 20 mil para devolver roubo

    Dois assaltantes invadiram uma casa de trabalhadores em Tubarão, no Sul de Santa Catarina, e amarraram os moradores para revirar a casa e roubar objetos de valor. Eles levaram dinheiro, joias e fugiram no carro da família. As vítimas calculam prejuízo em mais de R$ 70 mil.

    No dia seguinte, a dupla, natural de Caxias do Sul (RS), telefonou à vitima extorquindo R$ 20 mil para devolver o que havia sido roubado. A família avisou a polícia que iniciou a investigação. A dupla foi localizada em Sombrio, quando abandonava o carro no estacionamento de um supermercado.

    Foram apreendidos um revólver calibre .38, uma pistola calibre .765, munições, um rádio comunicador, R$ 4.100,00 em dinheiro e diversos "miguelitos", utilizados para furar pneus em fugas. Além disso foram recuperados o veículo e a moto roubados em Tubarão.

    Polícia apreendeu objetos - PC/Divulgação
    Polícia apreendeu objetos - PC/Divulgação



    Leia mais
  • Vigia é executado ao volante de um Scenic na localidade de Madre, em Tubarão

    O vigia Adilson Ramos Martinho, 36, foi executado com tiros de pistola ao volante de um Scenic. O crime ocorreu na noite de quarta-feira (11), na estrada geral da localidade de Madre, acesso ao farol de Santa Marta, em Tubarão. Martinho foi encontrado por moradores locais caído no banco da frente do Scenic. Segundo o delegado da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, André Monteiro, os suspeitos estavam de carro e teriam “fechado” o veículo de Martinho.
    O vigia tinha passagens policiais. “No ano passado, ele foi baleado em confronto com a polícia. Ele também tinha envolvimento com o tráfico de drogas”, afirmou o delegado. Apesar de todos estes indícios, o policial comentou que ainda não tem uma linha de investigação que aponte os suspeitos e a motivação do assassinato. Este é o quarto homicídio que ocorreu este ano em Tubarão.

    Leia mais