Publicidade
Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Assuntos da Grande Florianópolis e os temas cotidianos das cidades da Região Metropolitana – incluindo resgates diferenciados da memória histórica –, são acompanhados de perto pelo colunista Carlos Damião, que tem mais de 30 anos de vivência profissional.

  • Que a CPI da Ponte sirva para esclarecer a verdade e não para alimentar histerias

    Trabalhadores da ponte, durante visita técnica em julho de 2018 - Carlos Damião
    Trabalhadores da ponte, durante visita técnica em julho de 2018 - Carlos Damião

    Em geral, as CPIs têm um componente demagógico muito forte, embora sejam instrumentos legais e necessários ao aperfeiçoamento da administração pública e à eventual apuração de responsabilidades em caso de gastos públicos exacerbados. O problema da demagogia está nessa histeria “lavajateira” que tomou conta das redes sociais nos últimos anos. Histeria que busca o punitivismo puro e simples, a partir de suspeitas sobre fulano ou beltrano, sobre situação A ou B, com condenações sumárias que escapam ao rigor (presunção da inocência, ampla defesa) que deve nortear o Direito e a Justiça. 

    Assistindo aos telejornais, desde segunda-feira (11/2), deparo-me com “informações” conflitantes e absurdas. Num dia, o repórter menciona que foram gastos R$ 740 milhões nas obras de recuperação da Ponte Hercílio Luz. Dois dias depois (13/2), outro repórter aponta gastos de[...]

    Leia mais
  • Ato na Capital lembra os 11 meses do assassinato de Marielle Franco

    Cartaz de convocação: Marielle é símbolo da luta por justiça, direitos, democracia e respeito - Divulgação'
    Cartaz de convocação: Marielle é símbolo da luta por justiça, direitos, democracia e respeito - Divulgação'


    #8Marielle: Vivas, livres e resistentes! Esse é o evento programado para esta quinta-feira, 14/2, promovido pelo coletivo 8M SC, a partir das 16h, com concentração no Ticen e caminhada até a Escadaria do Rosário. O ato vai assinalar os 11 meses do assassinato da vereadora Marielle Franco, do Rio de Janeiro. E será preparatório para o Dia Internacional da Mulher, 8 de março. O objetivo é denunciar as violências cometidas contra as mulheres e exigir justiça. "Denunciamos os assassinatos de lutadoras do povo e os feminicídios cotidianos que matam centenas de nós", dizem as organizadoras no texto de convocação. "Denunciamos o capitalismo e o patriarcado, a retirada de direitos e as violências deste governo conservador, racista, misógino e machista que ocupa hoje o poder no Brasil. Defendemos a democracia, a soberania popular, os territórios e as[...]

    Leia mais
  • Ponto de encontro e palco afetivo de Florianópolis

      

    Ponto “nervoso” da cidade, no fim da década de 1960, um pouco antes do calçadão - Divulgação
    Ponto “nervoso” da cidade, no fim da década de 1960, um pouco antes do calçadão - Divulgação


    Fechado no fim de janeiro, por compreensíveis razões empresariais, o Ponto Chic/Senadinho volta para a lista de perdas afetivas da cidade – e elas não são poucas, visto quantas referências materiais ou imateriais de nossa identidade desapareceram nas últimas três ou quatro décadas.

    O Ponto Chic foi um dos locais de encontro mais importantes de Florianópolis durante cerca de 70 anos. Por ali passaram personagens e personalidades da política, autoridades, intelectuais, empresários e a gente simples. Antes e depois da implantação do calçadão, sempre foi um ponto de bate-papo, paquera e observação do movimento central, frequentado em geral pelo público masculino. Nas origens, e daí o nome “Chic”, recebia apenas fregueses engravatados.

    O episódio histórico mais relevante ocorreu em 30 de novembro de 1979, quando o então presidente general João[...]

    Leia mais
  • Morre o ex-vereador de Florianópolis Afonso Veiga Filho

    O professor e e-vereador, em solenidade realizada pelo Senge-SC em 21 de julho de 2010 - Carlos Damião
    O professor e e-vereador, em solenidade realizada pelo Senge-SC em 21 de julho de 2010 - Carlos Damião


    Está sendo velado até as 19h deste sábado (9), na capela do crematório Vaticano, junto ao Cemitério São Francisco de Assis, o corpo do ex-vereador, engenheiro e professor aposentado da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) Afonso Veiga Filho, 79 anos (faria 80 no dia 13 de fevereiro).
    Afonso teve uma presença marcante na história da engenharia de saneamento e ambiental do Estado, tendo sido diretor do Senge-SC (Sindicato dos Engenheiros do Estado de Santa Catarina), que emitiu nota de pesar neste sábado, assim como a UFSC.
    Ele foi um dos fundadores e dos primeiros professores do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSC. O curso completou 40 anos em uma solenidade em junho de 2018, que contou com a presença do professor.
    Nascido em 13 de fevereiro de 1939, o Afonsinho, como era conhecido, chegou quando a família morava na Rua Esteves Jr., em frente[...]

    Leia mais