Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Assuntos da Grande Florianópolis e os temas cotidianos das cidades da Região Metropolitana – incluindo resgates diferenciados da memória histórica –, são acompanhados de perto pelo colunista Carlos Damião, que tem mais de 30 anos de vivência profissional.

Força máxima contra os ambulantes

Prefeitura vai agir, convocando policiais, guarda municipal e fiscais para acabar com a farra da pirataria no calçadão

Carlos Damião

Na próxima segunda-feira (25), a prefeitura de Florianópolis realizará a primeira reunião do que pretende ser uma força-tarefa contra a presença de vendedores ambulantes nas ruas centrais da cidade. Como se sabe, há dezenas de camelôs, das mais diversas origens (os mais recentes são bolivianos e colombianos) espalhando quinquilharias no calçadão da Rua Felipe Schmidt, transformada numa verdadeira feira paraguaia. Os ambulantes afrontam a legislação local, prejudicam o comércio formal e causam indignação porque chegam a impedir a passagem das pessoas: privatizaram as ruas. O encontro programado pelas autoridades tem o claro objetivo de definir ações concretas contra esse império da pirataria. 

Participantes

A reunião marcada para segunda-feira deverá ser comandada pelo secretário de Governo, Gean Loureiro. Contará com representantes das polícias Civil e Militar, Guarda Municipal, secretarias de Serviços Públicos e Desenvolvimento Urbano e outros setores da administração municipal. 

Patrulhamento

A primeira missão da força-tarefa será mapear a ilegalidade que abunda pelas ruas centrais de Florianópolis, inclusive quanto à procedência dos ambulantes (estima-se que 90% deles sejam de outros Estados e países). Feito o levantamento, as autoridades vão agir com rigor. Gean Loureiro garante que o patrulhamento será diário. 

Entidades

Representantes das entidades empresariais – como Acif (Associação Comercial e Industrial de Florianópolis) e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) –, que têm lutado incansavelmente contra o comércio pirata, deverão ser chamados pelo secretário Gean Loureiro para avaliar a situação dos ambulantes na cidade e, em especial, para apresentar estimativas de prejuízos, tanto com relação a faturamento, quanto a empregos perdidos por conta da invasão dos camelôs. 

 

Divulgação
Arte
Tela de Janete Machado, uma das artistas da mostra Entre Mulheres 

 

Olhar feminino 

Cinco artistas expressam sua visão de mundo na exposição Entre Mulheres, que abre na próxima segunda-feira, dia 25, às 19h, no Espaço Cultural Governador Celso Ramos – BRDE. Maristela Silveira, Janete Machado, Patrícia Odebrecht, Simone Viquetti e Vera Dias mostram, com diferentes técnicas, uma percepção feminina do universo ao seu redor.

Audiência

Está marcada para quinta-feira (28), às 21h, a audiência pública da Câmara de Vereadores de São José sobre as obras da BR-101. Pode não resolver nada, mas pelo menos é mais um setor da sociedade pressionando para que o governo federal agilize a conclusão dos trabalhos, conduzidos com uma lerdeza assombrosa nos últimos anos. 

Multas

Sobre a questão das multas em Florianópolis, Roberto Clausen observa que os agentes de trânsito, tanto policiais militares quanto guardas municipais, deveriam prestar mais atenção quanto às notificações. 

Palavra

Ainda conforme Roberto Clausen, em alguns casos os PMs simplesmente anotam o número da placa do veículo, sem pará-lo, valendo assim a palavra da autoridade contra qualquer argumento de defesa do motorista.

 

Divulgação James Tavares
Urbanismo
Quem faz isso num terreno localizado na Agronômica? 

 

Lixão

Moradores da Agronômica estão indignados com a falta de educação de uns e outros que atiram lixo num terreno da Rua Visconde de Taunay. Pedem à prefeitura para que mande limpar a nojeira e, ao mesmo tempo, apelam ao bom senso dos porcalhões: parem de poluir a área!

Malhando...

Grupo de florianopolitanos estará neste sábado de Aleluia (23) na região do Mercado Público, para realizar a terceira edição da campanha "Vamos malhar o Judas e deixar o boi em paz!". Objetivo do evento é marcar uma posição pela paz e, evidentemente, contrária à farra do boi.

... pela paz

Segundo o pensamento de Henrique Ortiga Filho, "misturaram (confundiram) a malhação do Judas com a farra do boi e passaram a malhar o boi". Faz sentido, embora se saiba que o objetivo da farra do boi, em sua origem, nunca foi maltratar o animal. Era uma brincadeira de provocar e correr.

Raiz farrista

Reportagem de Edson Rosa e Fernando Mendes, publicada na edição de quinta-feira (22) do Notícias do Dia, mostrou o quanto a farra do boi é arraigada no município de Governador Celso Ramos. Não há quem não tenha se impressionado com a imagem de uma faixa ameaçadora colocada numa rua do município.

Desproporcional

É interessante observar que a Polícia Militar, diante de uma manifestação minúscula contra o aumento das tarifas de ônibus, coloca sua força bruta nas ruas para reprimir os estudantes. Mas contra a bandidagem e contra a farra do boi não se vê o mesmo empenho tático e estratégico.

Meio prazer

Praticantes de caminhadas e pedaladas pela Avenida Beira-mar Norte continuam achando a revitalização da via o máximo. Reclamam apenas do mau cheiro na região, em especial nas proximidades da estação da Casan. E é mesmo: por que nenhum prazer, em Florianópolis, pode ser completo?

Foi longe

Quem achava que os problemas de trânsito tinham terminado no anoitecer da quarta-feira enganou-se redondamente. Eles foram além, muito além do lusco-fusco pré-feriadão. Na quinta-feira (22) pela manhã quem se arriscou rumo ao Sul do Estado levou muito mais de uma hora e meia entre o shopping Itaguaçu e o pedágio de Palhoça. Trajeto normal não consome nem 20 minutos.

Solução

Diante das encrencas persistentes na Secretaria de Turismo da Capital, há quem sugira a realização de um concurso público para escolha do novo secretário. Pré-requisitos: ser do ramo (técnico) e não ter vínculos com esquemas políticos. De fato, no mundo ideal, secretários teriam sempre que seguir esse perfil. 

Agenda política

Pré-candidatos à eleição municipal de 2012 já têm agendas organizadas. Participam de todos os eventos comunitários que possam render dividendos eleitorais. Não apenas com relação à sucessão de Dário Berger, mas também às vagas para a Câmara de Vereadores, que terá sete vereadores a mais. 

Realismo

Chamada de uma emissora de TV no twitter: “Escolta armada garante a segurança, mas vigilantes admitem desvantagem com relação aos criminosos”. Não são apenas os vigilantes. A segurança pública também está perdendo a guerra. 

Invisível

"Quer se sentir invisível? Pare em uma faixa de pedestres, às 19h, em Floripa, e constate que nenhum motorista nota sua presença...". Do twitter de @Julia_Vergara.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade