Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Assuntos da Grande Florianópolis e os temas cotidianos das cidades da Região Metropolitana – incluindo resgates diferenciados da memória histórica –, são acompanhados de perto pelo colunista Carlos Damião, que tem mais de 30 anos de vivência profissional.

Após polêmica, confirmada mostra de cinema sobre diversidade em escola do Santinho

Sessão que exibirá os 16 curtas produzidos pelos alunos será nesta quinta-feira, a partir das 20h, na EBM Maria Tomáxia Coelho

Carlos Damião
11/09/2018 16h28

Os 16 filmes produzidos por estudantes da Escola Básica Municipal Maria Tomázia Coelho, do bairro Santinho, serão exibidos durante a Mostra de Cinema programada pela direção do estabelecimento nesta quinta-feira (13), a partir das 20h. Nesta edição da mostra, a quarta realizada na escola, o tema é “Os Jovens e a Diversidade”. Posteriormente, os filmes estarão disponíveis no blog do Núcleo de Cinema (nucleodecinematc.blogspot.com).

"A Flor da Pele" é um dos filmes selecionados para a mostra na EBM Maria Tomázia - Divulgação


Originalmente, a mostra ocorreria no dia 23 de agosto, mas foi suspensa devido a uma interferência externa, criada pelo pai de duas alunas. A direção da escola explicou que tentou contornar a situação por meio de diálogo, mas diante de uma postura “de intransigência e intimidação, optou-se por uma atitude de cautela, decidindo pelo adiamento”.

Quanto ao conteúdo dos filmes, ainda conforme nota, a unidade educacional “tem consciência de que os temas tratados estão em consonância com o Plano Municipal de Educação de Florianópolis e com o projeto político-pedagógico e o plano de gestão aprovados pela comunidade escolar”.

A Secretaria de Educação de Florianópolis reitera a sua posição de que a escola tem autonomia para decidir se o evento ocorreria, como planejado, ou se seria cancelado. “A SME não é um órgão de censura. Defendemos o direito de liberdade de expressão dos membros da comunidade escolar”, afirma o secretário Maurício Fernandes Pereira. 

A Secretaria, conforme ainda o titular da pasta da Educação, defende e enobrece o objetivo da mostra de cinema: possibilitar aos estudantes conhecer, refletir e se expressar sobre o tema, mudando olhares e contribuindo para o respeito às diferenças.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade