Publicidade
Sexta-Feira, 24 de Março de 2017
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 21º C

Assuntos da Grande Florianópolis e os temas cotidianos das cidades da Região Metropolitana – incluindo resgates diferenciados da memória histórica –, são acompanhados de perto pelo colunista Carlos Damião, que tem mais de 30 anos de vivência profissional.

  • Florianópolis não cabe num único coração - Parte 2

    Mais algumas imagens da coleção. Se não cabe num só coração, Florianópolis cabe em 449.690 abraços.

    Alguns registros da cidade nos últimos 13 anos - Carlos Damião

    Alguns registros da cidade nos últimos 13 anos - Carlos Damião

    Foto 1- Outro dos bustos roubados da Praça 15 em 2013: Victor Meirelles, obra original

    Foto 2 - Barqueiro que trabalha na Costa da Lagoa

    Foto 3 - Entardecer visto da cabeceira insular da Ponte Hercílio Luz, 2004

    Foto 4 - Carteado amigo, onde antes as pessoas iam ler seus jornais (vide o Rancho do Amor à Ilha)

    Foto 5 - Região do Mercado Público, antes do incêndio de 2005. A ala incendiada é a que está em primeiro plano

  • Florianópolis não cabe num único coração - Parte 1

    Primeira colagem com aspectos urbanos, históricos e humanos da cidade - Acervo Carlos Damião
    Primeira colagem com aspectos urbanos, históricos e humanos da cidade - Acervo Carlos Damião


    Florianópolis não cabe num só coração. São 449.690 corações (IBGE), uns mais amorosos, outros mais distraídos.

    Florianópolis não cabe num único poema. Zininho bem que tentou, no Rancho do Amor á Ilha, síntese perfeita da nossa alma.

    Cidade multifacetada, multiétnica, cosmopolita, histórica e contemporânea.

    De suas origens, restam alguns vestígios urbanos ou praianos. São poucos, mas necessários ao lirismo da cidade

    Neste dia de aniversário, 344 anos de fundação e 291 de emancipação política, apresento uma série de imagens, em forma de colagens.

    Primeira colagem:

    - Foto 1 - Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos, inaugurada em 1830. Era a igreja dos escravos

    - Foto 2 - Pescadores na Lagoa da Conceição, cartão postal da década de 1970, quando a Lagoa era apenas a Lagoa

    - Foto 3 - Vão central do Mercado Público,[...]

    Leia mais
  • Cultura local pouco valorizada no aniversário da Capital

    Não é um grupo local: valorização da cultura açoriana veio dos EUA (San Jose, California), em 2005 - Carlos Damião
    Não é um grupo local: valorização da cultura açoriana veio dos EUA (San Jose, California), em 2005 - Carlos Damião


    A programação cultural de aniversário de Florianópolis fica devendo, como sempre. A cidade se apequenou, nos últimos anos, sem apresentar ou valorizar artistas locais durante os dias de comemoração.
    Não apenas quanto à música, que é riquíssima, com gente cada vez mais criativa esbanjando talento nas casas noturnas ou eventos. Onde estão os grupos de boi de mamão, de terno de reis, de cantorias e danças tradicionais, as rendeiras e os pescadores artesanais, as bandas escolares, militares ou comunitárias os artesãos?
    E os artistas plásticos, que poderiam realizar um grande ateliê ao vivo, nas ruas centrais? As orquestras - como a do maestro Carlos Alberto Angioletti Vieira -, por que não se apresentam nas comunidades? As performances teatrais e de dança? E os meninos e meninas que desenvolvem sua criatividade nas instituições de[...]

    Leia mais
  • Sete fotógrafos abrem exposição no Jardim Botânico

    Imagem registrada por Paulo Goeth, que reside no Campeche - Paulo Goeth/Divulgação
    Imagem registrada por Paulo Goeth, que reside no Campeche - Paulo Goeth/Divulgação


    Olhares de Floripa é o nome da exposição que os fotógrafos Hermes Daniel, Mara Rejane Freire, Milton Ostetto, Kleber Steinbach, Paulo Goeth, Paulo Heise e Ronaldo Andrade levam para o Jardim Botânico, no Itacorubi, neste dia 23, data do aniversário da cidade. A exposição, com  28 imagens no tamanho 40X55, foram captadas em vários pontos da cidade e ficará aberta à visitação do público até o dia 30 de março.