Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Entrevistas com personagens que decidem nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

  • Federação Catarinense dos Municípios mostra preocupação com o fim do programa Mais Médicos

    Os prefeitos catarinenses pediram nesta quarta-feira (14), “medidas urgentes” para suprir a demanda após o anúncio da saída dos cubanos do programa Mais Médicos. Em nota, a Fecam demonstrou preocupação com “graves impactos” na qualidade e no acesso à atenção básica.

  • Com feriadão decretado, nesta quarta-feira #sextou para os servidores públicos de SC

     Está decretado. Os servidores públicos estaduais estarão de folga no feriadão. A autorização foi publicada na edição de sexta-feira do “Diário Oficial” do Estado. Ou seja, nesta quarta-feira (14), “sextou” no serviço público catarinense.

    A agenda da transição do governador eleito Carlos Moisés ainda não está disponível, mas é possível que as atividades avancem durante o feriadão. A coluna, que trabalhará, vai acompanhar.

  • Proposta para diminuir o recesso dos deputados repercute mal na Assembleia Legislativa

    Não precisou ser apresentada, bastou ser noticiada, para a Proposta de Emenda à Constituição estadual que pedirá o fim do recesso no meio do ano para os deputados estaduais começar a gerar polêmica. A iniciativa do deputado eleito Felipe Estevão (PSL) foi o assunto terça-feira (13) nos corredores da Assembleia Legislativa. Alguns poréns foram levantados. Um deles, de ordem mais técnica, questionou dificuldade legal em função de questões como prazos que são atrelados ao calendário legislativo. Outro, mais político, suscitou se a iniciativa também será estendida ao Tribunal de Justiça e do Ministério Público. Pode até não dar em nada, mas Estevão já acertou ao levantar a discussão.

    Férias no meio do ano dos deputados de Santa Catarina podem estar com dias contados

  • Carlos Moisés leva ideias a Bolsonaro na reunião do presidente eleito com governadores

    Diante de um cenário de dificuldade financeira dos Estados, Jair Bolsonaro (PSL) receberá nesta quarta-feira (14) os governadores eleitos. Sua presença, durante almoço, será o ponto alto de uma reunião com os futuros ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil). Correligionário, Carlos Moisés (PSL) está pronto para apresentar suas sugestões e pedidos. Ao sair de Santa Catarina, o governador eleito se mostrou ciente de que a reunião será “mais para ouvir”. Será o primeiro encontro pessoal entre Bolsonaro e Moisés, que, desde eleitos, conversaram apenas por telefone.

    Carlos Moisés e Jair Bolsonaro - Divulgação/ND
    Carlos Moisés e Jair Bolsonaro - Divulgação/ND