Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Entrevistas com personagens que decidem nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Reeleitos voltam à Assembleia e Câmara com 280 mil votos a menos que em 2014

Os números justificam o cenário de terra arrasada que ainda é sentido entre os parlamentares

Altair Magagnin

Os números justificam o cenário de terra arrasada que ainda é sentido na Assembleia Legislativa. Dos 40 deputados, 18 foram reeleitos. Desses, 14 perderam votos se comparado às eleições de 2014. Houve quem perdeu quase a metade do capital político. Somente Luciane Carminatti (PT) cresceu significativamente. Já na Câmara, dos 16 deputados, cinco se reelegeram, sendo que apenas dois aumentaram o número de votos. Em Brasília, destaque para Geovânia de Sá (PSDB).

Assembleia

Milton Hobus (PSD) -29.450
Valdir Cobalchini (MDB) -13.510
Ada De Luca (MDB) -13.312
Marcos Vieira (PSDB) -12.864
Ismael dos Santos (PSD) -12.653
Mauro de Nadal (MDB) -11.603
José Milton Scheffer (PP) -10.293
Maurício Eskudlark (PR) -9.947
Romildo Titon (MDB) -7.914
Kennedy Nunes (PSD) -4.667
Moacir Sopelsa (MDB) -4.319
João Amin (PP) -3.270
Vicente Caropreso (PSDB) -957
Rodrigo Minotto (PDT) -306
Luciane Carminatti (PT) +16.023
Padre Pedro Baldissera (PT) +1.452
Neodi Saretta (PT) +1.059
Luiz Fernando Vampiro (MDB) +948

Câmara

Rogério Peninha (MDB) -60.859
Celso Maldaner (MDB) -30.691
Pedro Uczai (PT) -20.207
Geovânia de Sá (PSDB) +49.180
Carmen Zanotto (PPS) +6.096

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade