Publicidade
Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018
Descrição do tempo
  • 21º C
  • 14º C

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Entrevistas com personagens que decidem nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Ponto & Contraponto: Decreto após derrubada da MP do ICMS reacende polêmica no Legislativo

Deputados Maurício Eskudlark e Milton Hobus foram à tribuna da Assembleia comentar os desdobramentos

Altair Magagnin

A decisão do governador Eduardo Moreira (PMDB), por meio de decreto, de reduzir de 17% para 12% o ICMS do setor atacadista, foi defendida pelo vice-líder do governo, Maurício Eskudlark (PR). Para o parlamentar, o ato demonstrou “coragem ao mexer com um problema”, com a “velocidade necessária”.

“O governo editou uma MP para corrigir o problema dos atacadistas e baixar o imposto da indústria. Quem não quer? Só que, quando saiu a MP, o governo falou que aumentaria a receita em R$ 60 milhões, mas se está baixando imposto, como vai aumentar a arrecadação?”, disse Milton Hobus (PSD).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade