Publicidade
Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Descrição do tempo
  • 16º C
  • 11º C

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Entrevistas com personagens que decidem nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

"Não faço aos outros o que não quero para mim", diz Colombo sobre antecipar renúncia

Governador passará o cargo ao vice com antecedência em função de restrições na Lei de Responsabilidade Fiscal

Altair Magagnin
12/02/2018 19h54

"De primeiro de maio em diante, os governantes não poderão gastar um centavo a mais do que arrecadam, não poderão fazer convênios, há uma penalização muito dura. Se você entrega o governo dia 7 de abril, o cara que assume não vai ter condições de fazer nada. É meu dever não fazer para os outros o que eu não quero que façam para mim. Minha mãe me ensina isso todo dia. Para Santa Catarina é bom uma transição pacífica. Isso dá um desgaste político, mas eu tenho que proteger a sociedade, não as pessoas por mais 40 dias."

Raimundo Colombo (PSD), governador, sobre antecipar a saída em função da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade