Publicidade
Sábado, 19 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 24º C

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Entrevistas com personagens que decidem nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

  • PSL-SC tem nova Executiva provisória após reunião do vice-presidente nacional do partido

    Após cinco horas de reunião no restaurante Lindacap, em Florianópolis, entre o vice-presidente nacional do PSL, Antonio de Rueda, e os deputados federais diplomados do PSL por Santa Catarina Caroline de Toni, Daniel Freitas e Coronel Armando, uma nova Executiva para o PSL-SC foi formada. No último dia 9 de janeiro, os três deputados do PSL pediram a destituição da Executiva provisória criada por Lucas Esmeraldino em Santa Catarina no fim de dezembro. A nova Executiva passa a valer a partir da próxima semana.  

    Com a nova Executiva, Esmeraldino continua na presidência, mas todos os outros nomes foram destituídos. A primeira vice-presidente é Caroline de Toni e o secretário-geral do partido é Daniel Freitas. O 1º secretário é o deputado estadual diplomado Felipe Estevão e o tesoureiro é Coronel Armando. O deputado diplomado Fábio Schiochet ocupa o cargo de 1º tesoureiro. E os outros cinco deputados estaduais do PSL em SC são vogais.

    Segundo o[...]

    Leia mais
  • Flávia Didomenico é anunciada pelo governo para presidir a Santur

    Após a polêmica envolvendo a desistência de Tiago Savi Mondo de assumir a Santur (Santa Catarina Turismo), o governador indicou nesta quinta-feira a nova representante que assumirá o órgão. Flávia Didomenico, graduada em turismo e hotelaria e especializada em turismo, será a nova presidente da Santur.

    Anunciado no dia 3 de janeiro como presidente da Santur, o professor Tiago Savi Mondo desistiu de assumir o cargo depois de questionamentos sobre uma postagem feita na internet a três dias do segundo turno presidencial em que compartilhou uma mensagem contra o ódio e com declaração de voto em Fernando Haddad (PT). Tiago foi a primeira baixa do governo de Carlos Moisés.

    Flávia Didomenico será presidente da Santur - Divulgação/ND
    Flávia Didomenico será presidente da Santur - Divulgação/ND



  • Deputado que propôs transparência da agenda do governador de SC quer a derrubada do veto

    O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) afirmou que trabalhará pela derrubada do veto feito pelo governador na última terça-feira sobre o projeto de Minotto que pedia publicidade à agenda do Poder Executivo de Santa Catarina. O PL 184.2/2015 foi aprovado na Alesc no ano passado e enviado para a análise do governo no início deste ano, sendo vetado pelo governador pois, segundo o governo, é inconstitucional e “poderá colocar em risco a segurança do governador”.

    Para Minotto, a decisão é um “equívoco”, em um momento que a sociedade clama cada vez por mais transparência dos órgãos públicos e agentes políticos. A proposta previa a divulgação eletrônica com antecedência de 24h da agenda do governador, vice, deputados e demais agentes públicos, como ocorre no governo federal. 

    Confira a nota na íntegra de Rodrigo Minotto:

    "O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) lamentou nesta quinta-feira (17) o veto do Governador Carlos Moisés ao Projeto de[...]

    Leia mais
  • Justiça adia decisão de bloqueio de bens em ação de desvios na reforma da Hercílio Luz

    O juiz Luis Francisco Delpizzo Miranda, da 1ª Vara da Fazenda Pública, decidiu adiar o julgamento do pedido liminar do Ministério Público de Santa Catarina para o bloqueio de bens no valor de R$ 233 milhões dos oito investigados na ação. No despacho, publicado no dia 15, o magistrado argumenta que “a moderna dinâmica do novo processo civil” deve ser aplicada diante de casos com “gravíssimas repercussões” e “também pela nebulosidade dos fatos narrados”. Com isso, ele posterga o julgamento para somente depois que as partes envolvidas se manifestarem no processo. No pedido apresentado em 17 de dezembro, a promotora Darci Blatt, da 26ª Promotoria da Capital, aponta uma série de irregularidades nos contratos para restauro e supervisão das obras na ponte entre 2006 e 2014. O valor com pedido de bloqueio, segundo a promotora, deverá ser devolvido aos cofres públicos.

    :.Contratos suspeitos para reforma da Hercílio Luz não teriam objetivo de conclusão da[...]

    Leia mais