Publicidade
Segunda-Feira, 23 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 20º C
  • 12º C

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Entrevistas com personagens que decidem nas esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

  • Decisão do Centrão nacional pode empurrar PR para o PSDB em SC, junto com PP e DEM

    Não é possível descartar uma reviravolta na coligação PP-PSD. As conversas entre PP e PSDB continuam. Nesse contexto, ficaria mais fácil encaixar o DEM. Outro partido que poderia redirecionar o rumo seria o PR, que hoje está nos braços do MDB, mas poderia ter que atender a uma determinação nacional de apoiar os tucanos, reflexo da decisão do Centrão. A ideia de quem trabalha por essa construção seria isolar Merisio e, por consequência, o postulante emedebista ao governo, deputado federal Mauro Mariani. Nada que seja oficialmente confirmado, óbvio.

    Urna Eleição - EBC/Divulgação/ND
    Urna Eleição - EBC/Divulgação/ND



  • Geovânia de Sá aceita convite para ser candidata a vice na chapa de Paulo Bauer pelo PSDB

    O PSDB tem mais um nome disponível para vice, caso faça a opção pela chapa pura. A deputada federal Geovânia de Sá aceitou o convide feito pelo senador Paulo Bauer para dividir a majoritária. A confirmação foi feita na noite de ontem e reforça a possibilidade de os tucanos não conseguirem compor com outras legendas no Estado. Caso uma eventual aliança seja formada, Geovânia retoma o projeto de reeleição à Câmara, que é a sua preferência.

    “Tivemos uma longa reunião [neste domingo], com várias lideranças. Estou atendendo a um chamado do partido. Nunca fugi dos desafios, seja o que Deus quiser”, afirmou.

    Entre os motivos elencados para o convite, Geovânia, que tem domicílio eleitoral em Criciúma, lembrou que o Sul do Estado não tem nenhum nome apresentado em chapas majoritárias. Além disso, pesou o fato de trazer uma candidatura feminina e do segmento evangélico, segundo a deputada.

    Geovânia de Sá em plenário - Nilson Bastian/Câmara/ND
    Geovânia de Sá em plenário - Nilson Bastian/Câmara/ND



    Leia mais
  • Deputados defendem deixar Farra da Saúde como está; Ministério Público abrirá investigação

    A reação dos deputados estaduais catarinenses contra a resolução que permite o reembolso integral dos tratamentos de saúde ficou isolada nas bancadas de esquerda. Dentro do PT, pelo menos dois deputados já manifestaram a iniciativa de questionar internamente o privilégio. Outros deputados localizados pela reportagem do ND preferiram adotar o tom corporativista, sinalizando que não há nada de errado na situação. Entidades procuradas também preferiram não declarar posição sobre o assunto. O Tribunal de Contas disse que soube da situação pela imprensa. Já o Ministério Público vai investigar a constitucionalidade da decisão. 

    Schneider: R$ 3,29 milhões e cirurgia no Albert Einstein. Valmir: tratamento pelo SUS e visitas diárias ao Cepon - Flávio Tin/Daniel Queiroz/ND
    Aldo: R$ 3,29 milhões e cirurgia no Albert Einstein. Valmir: tratamento pelo SUS e visitas diárias ao Cepon - Flávio Tin/Daniel Queiroz/ND


    LEIA MAIS: Valor gasto por Aldo Schneider para tratamento médico atenderia 5 mil pacientes no Cepon

    O levantamento que coloca o deputado Aldo Schneider (MDB) no centro da polêmica do[...]

    Leia mais
  • Mauro Mariani lança candidatura no Sul e traz prefeito do PSD para o MDB

    Um marco na candidatura de Mauro Mariani (MDB) ao governo do Estado foi o evento dessa sexta-feira, em Içara, na base eleitoral do governador Eduardo Moreira (MDB). Também no Sul, os emedebistas filiaram seu 101º prefeito, Moacir Teixeira (ex-PSD), de São João do Sul. Neste sábado, o partido fará o segundo encontro mesorregional, em Curitibanos, no Planalto. A agenda passará por Florianópolis, Itajaí, Rio do Sul e São Francisco do Sul, fechando em 18 de agosto, com o lançamento oficial da candidatura de Mariani, em Joinville. 

    Moacir assina documento - Marcelo Tolentino/Divulgação/ND
    Moacir assina documento - Marcelo Tolentino/Divulgação/ND



    Indefinido

    Se na semana passada havia uma expectativa para definições no grupo PSD-PP-DEM, esta reservava encaminhamentos capitaneados pelo MDB. Da mesma maneira, tudo terminou sem fatos concretos. Os emedebistas trabalham com a possibilidade de trazer PPS e PR, além de outras siglas menores como Avante, PSDC, PTB e PTC. Não descartam, também, DEM e PSDB. Os[...]

    Leia mais