Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Pão e vinho: a mais clássica das misturas, com o toque refinado de um especialista na arte da panificação e na enologia. Conheça os tipos de vinho, as características de cada um, as maneiras de harmonizar a bebida com as mais variadas refeições. Imperdível.

Coluna Pão & Vinho: Catarinense Lohn Bier é ouro na Copa do Mundo das Cervejas

A cervejaria catarinense Lohn Bier conquistou, no dia 10 de agosto último, nove medalhas no concurso World Beer Awards 2017.

João Lombardo

(foto – João Lombardo)

Os dirigentes da Cervejaria Lohn Bier, da cidade de Lauro Muller, aos pés da Serra do Rio do Rastro, estão com o sorriso atrás das orelhas. A empresa familiar, que ainda não completou três anos de existência, conquistou nada menos do que nove medalhas no World Bieer Awards 2017, a chamada Copa do Mundo das cervejas, realizada em Londres, em agosto último. A cerveja Catharina Sour Uva Goethe, além de conquistar Ouro, venceu a competição internacional na categoria Flavored Fruit & Vegetables, sendo eleita a melhor do concurso neste segmento.

“A Catharina Sour de Uva Goethe foi eleita a ‘Melhor Cerveja do Mundo’ na categoria fruta”, comemora Tatiani Felisbino  Brighenti, sócia-fundadora da empresa. A cerveja é elaborada com suco de uva Goethe, casta que gera o vinho emblemático da região Sul do estado. Um fermentado de cereais que ganha um toque especial com a principal matéria-prima do vinho.

Do World Beer Awards participaram cervejarias de 36 países de todos os continentes. Foram avaliados 1900 rótulos. A Lohn foi a cervejaria brasileira mais premiada no evento. “É um reconhecimento mundial”, festeja Eduardo Felisbino,  sócio da empresa.

As cervejas premiadas foram: Ouro – IPA Serra do Rio do Rastro, Quadruppel e Carvoeira, nas categorias IPA, Pale Beer Belgian Style Strong e Flavored Herb & Spice, respectivamente. E a Catharina Sour Uva Goethe, na categoria Flavored Fruit & Vegetables. Levaram medalha de Prata: Pale Ale, na categoria de mesmo nome; Viena, na categoria Amber / Vienna; Catharina Sour Bergamota, em Sour Beer, e Trippel, na categoria Speciality Beer Experimental. A Lohn Bier Barley Wine levou o bronze na categoria homônima.

Este mês, o World Beer Awards promove uma segunda etapa do concurso, para escolher, entre os rótulos contemplados com medalha de Ouro, os melhores dos melhores, em oito categorias. Novidades podem vir por aí.

Provamos as cervejas Ouro da Lonh. Veja as notas de prova:

Catharina Sour Uva Goethe – Lohn Bier – Lauro Muller - SC

Cor palha escura turva. No nariz, os aromas de uva Goethe se mesclam às notas de cereais típicas. Na boca é seca e muito refrescante, mostra acidez firme e confirma os aromas de uva e cereais. Tem média espuma e corpo leve/médio. Ótima para acompanhar frituras, pratos com peixes e frutos do mar, saladas e queijos frescos.

(foto - João Lombardo)

IPA Serra do Rio do Rastro – Lohn Bier – Lauro Muller –SC

Cor amarelo dourado, ouro velho. Aromas frutados, banana, papaia; notas cítricas. Paladar frutado, fresco, amargor médio/alto, boa cremosidade. Combina com pratos de carne, cordeiro, preparos condimentadas, salsichas.

(foto - João Lombardo)

Quadruppel – Lohn Bier – Lauro Muller - SC

Cerveja forte feita com cana-de-açúcar. Teor alcoólico de 12%.  Cor âmbar turva, caramelo. Aroma doce que lembra rapadura, tostados, frutas maduras. Suave e levemente adocicada no paladar, boa acidez, baixo amargor, equilibrada. Harmoniza com carnes na brasa e churrasco, feijoada, sobremesas não muito doces, chocolate ao leite.

(foto - João Lombardo)

Carvoeira – Lohn Bier – Lauro Muller - SC

Cerveja forte escura, com funghi secchi e cumarú. Teor alcoólico de 9,5%. Cor negra. Aromas tostados, café, chocolate amargo, alcaçuz. Nota doce, abaunilhada, típica do cumarú ou fava de tonka. Paladar encorpado e macio, denso. Longo final. Combina com carnes intensas, costela, javali. Vai bem com chocolate e sobremesas com chocolate.

(foto - João Lombardo)

Cervejas para aficionados 

A loja Mestre Cervejeiro está comercializando lotes exclusivos de cervejas produzidas pela empresa gaúcha Perro Libre, em parceria com apaixonados e cervejeiros amadores. A cada 60 dias, uma receita é escolhida pelo público, através de votação pelo site. A receita é produzida em edição limitada e comercializada pelos parceiros. Para conhecer o sétimo lote do projeto Crowd Series, basta ir até o Mestre Cervejeiro, no Itacorubi, em Florianópolis.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade