Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

  • PSDB turbinou a campanha de Richa com R$ 1,2 milhão

    Numa inédita prisão – dois pedidos num dia, pelo Gaeco, da Polícia Civil, e pela Lava Jato, da Polícia Federal – o ex-governador do Paraná Beto Richa, que disputa o Senado, é um dos principais ‘investimentos’ do PSDB nacional. Encabeça a lista de tucanos com repasses do fundo eleitoral do partido. A executiva do PSDB repassou nada menos que R$ 1,2 milhão para o comitê de Richa. O candidato torrou R$ 870 mil na produção de programas de rádio e TV. Seu registro de candidatura ainda não foi deferido pelo TSE. Com a prisão, pode haver pedido de impugnação, apesar de não ser condenado.

    Peso nas costas

    A prisão de Richa atinge em cheio a campanha de Geraldo Alckmin ao Planalto, que terá de se explicar todos os dias. Richa é o principal aliado de Alckmin no Estado.

    E agora, Justiça?

    Mesmo com a prisão temporária – Richa pode sair daqui cinco dias – o tucano tem chances de continuar na disputa, por ser, por ora, Ficha Limpa. A conferir.

    Ou[...]

    Leia mais
  • TSE vetou 12 registros de candidatura à Presidência

    O Tribunal Superior Eleitoral já vetou 12 dos 22 pedidos de registro de candidatura avulsa de cidadãos que pretendiam disputar para presidente da República e vice, mas sem filiação partidária. Os ministros do TSE Tarcisio Vieira, Admar Gonzaga, Og Fernandes e Edson Fachin rejeitaram a alegação dos candidatos de que a matéria (autorização de candidaturas avulsas) está sob análise do Supremo Tribunal Federal, com parecer favorável da Procuradoria-Geral da República.

    É a Lei

    O TSE reafirmou o entendimento de que o inciso V, do parágrafo 3º, do artigo 14 da Constituição é claro ao fixar, como condição de elegibilidade, a filiação partidária.

    Novo palestrante

    Socialites, empresários e outros eleitores de Bolsonaro manterão a agenda programada para quinta, no Jockey Club, mas com palestra do filho Flávio, no lugar do pai. 
    Passarela

    Desde os anos 90, esse Calçadão da Halfeld onde foi atacado, no coração de Juiz de Fora, é palco pioneiro da...[...]

    Leia mais
  • Haddad aposta em Minas e no Nordeste

    Prestes a ser oficializado pelo PT candidato ao Planalto – falta o aval do detento Lula da Silva – Fernando Haddad aposta na ofensiva em Minas Gerais, segundo colégio eleitoral do País, para crescer. E depois subir em caravana pelo Nordeste como o nome escolhido pelo ex-presidente. Em Minas, vai visitar quatro regiões num mesmo dia – Norte, Triângulo, Zona da Mata e vertentes. Haddad está empolgado com a alta popularidade da ex-presidente Dilma Rousseff, candidata ao Senado que lidera as preferências. No Estado, a campanha é coordenada pelo deputado Reginaldo Lopes (PT), o mais votado em 2014.

    Preparou campo

    Muito cacique se assustou com o potencial eleitoral do deputado petista. É que desde 2010, de carro, barco, ou avião, Lopes visita no mínimo 3 cidades todo fim de semana.

    Falta muito

    De um especialista em pesquisas há mais de 20 anos, com base nas estatísticas detalhadas: A eleição será definida nos últimos 10 dias antes das urnas.

    Pós-facada

    A[...]

    Leia mais
  • Povo vai comparecer em peso às urnas, aponta especialista

    A despeito dos altos índices de indecisos e das altas rejeições dos candidatos a governador e presidente constatado por todas as pesquisas de intenção de votos, o povo vai comparecer em peso às urnas no dia 7 de outubro. A avaliação é de Murilo Hidalgo, fundador e diretor da Paraná Pesquisas. “Só se fala em política nesse País”, diz Hidalgo, para quem é questão de algumas semanas os indecisos se converterem em eleitores convictos. A propaganda eleitoral na TV vai ajudar. “O povo está mais engajado”.

    São milhões

    O Tribunal Superior Eleitoral, consultado pela Coluna, não tem o número de eleitores inaptos a votar este ano – aqueles que não justificaram nas três últimas eleições.

    A chapa

    De advogado atento: a chapa do PT deveria ser impugnada. Mas no TSE só houve pedido de impugnação de Lula. Conota estelionato eleitoral, diante da Ficha Limpa.

    Desafinou

    Elba Ramalho e Chitãozinho, para citar apenas dois, estão bravos com um vídeo que[...]

    Leia mais