Publicidade
Quarta-Feira, 29 de Março de 2017
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 21º C

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

  • Aviso prévio: ministro do trabalho está sob o risco de perder o emprego

    O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, do PTB, está sob forte risco de perder o emprego. O Palácio do Planalto considerou insatisfatória a votação da bancada do partido no projeto da aprovação da terceirização da mão de obra semana passada, considerado essencial para o Governo retomar os empregos. Dos 17 deputados, três não compareceram e quatro votaram contra a proposta – ou seja, quase metade da bancada deixou o Governo na mão.  

    Perdeu pontos

    Não bastasse o saldo negativo, o presidente Temer ficou irritado com Roberto Jefferson, presidente do PTB, que realizou seminário questionando a reforma da Previdência.

    Paulinho na moita

    O cenário conflituoso contribui para o projeto de poder do deputado Paulinho da Força (SD-SP), que desde a posse de Temer pressiona para emplacar o ministro do Trabalho.

    LJ, 3 anos

    Hoje há seis delegados federais na força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, substitutos dos que saíram. Para a classe, não é suficiente. O MP[...]

    Leia mais
  • Cavendish pretende delatar que comprou partido para Cunha

    O empreiteiro e ex-dono da Delta Fernando Cavendish, em sua delação que negocia com o Ministério Público Federal no Rio, indicou que pretende dar detalhes de como “comprou um partido” para Eduardo Cunha. Foram alguns milhões de reais para que a legenda, de porte mediano – com mandatários na Câmara e até Senado – fechasse apoio a Cunha na eleição para presidente da Câmara e o mantivesse em votações importantes. Tem presidente de partido sem dormir no Rio de Janeiro.

    ‘Dirceu’ tucano

    Delações da Odebrecht revelarão que PSDB, que tanto atacou o PT, tem seu José Dirceu. É senador que comandou maracutaias da legenda e recebeu caixa 2 para colegas

    Janet

    O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, ganhou apelido de ‘Janet’ entre os congressistas – muitos deles enrolados – porque ‘tem cara de tia velha’.

    Fé na cela

    Luiz Argôlo, o ex-deputado federal baiano, é chamado de Rezador na carceragem em Curitiba. Tudo é motivo para[...]

    Leia mais
  • Memórias do Cárcere: revelações dos episódios das celas da Lava Jato

    De um atento observador interno, em revelação à Coluna, sobre alguns episódios nos últimos meses na cadeia da Lava Jato em Curitiba: João Cláudio Genu, ex-assessor do falecido Janene, teve de dormir semanas no corredor, expulso da cela, por crises de flatulência após cirurgia bariátrica. O pau quebrou na noite em que Nestor Cerveró, considerado desajeitado e bagunçado, urinou sem saber nos objetos pessoais do metódico e cartesiano Fernando Baiano. Os carcereiros tiveram de intervir.

    1,2,3..

    Marcelo Odebrecht quase saiu no braço com Alberto Youssef. O empreiteiro acorda às 6h para fazer barras na cela, e o doleiro (hoje livre) queria dormir e só reclamava.

    Cadê o Japonês?

    Quando abriu a porta do apartamento no dia da sua condução, um ano atrás, Lula da Silva ficou olhando por sobre os ombros do delegado procurando o Japonês da Federal.

    Tiro no pé

    O presidente do PT, Rui Falcão, publicou no seu Facebook mensagem conclamando o povo a se filiar ao[...]

    Leia mais
  • Filha de senador foi beneficiária do esquema da Odebrecht

    A filha de importante senador aparece como beneficiária de uma conta na qual foram depositados alguns milhões de reais pela Odebrecht. O relato está na delação de um dos executivos da empreiteira, entregue à Justiça. Segundo o diretor-delator, a Odebrecht recebeu o pedido de um cacique do partido para o repasse e, só depois, ao pesquisar num banco no exterior de quem era a numeração, descobriu a ligação parental.

    Duas instâncias

    Pai e filha estão enrolados agora com a Justiça. Ele teve o nome remetido por Rodrigo Janot ao STF. E ela deve virar ré na Justiça comum.

    Vem bomba

    O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, deve dar publicidade na segunda-feira à lista da Propinobrecht.

    Voltou

    Um funcionário do BB demitido por Dispensa Motivada – a que os Correios querem fazer – conseguiu reverter decisão no TST há dias. O relator foi Hugo Scheuermann.

    Sobre PF e MP

    “Temos um ambiente no Brasil de disputa institucional. Estão brigando por[...]

    Leia mais