Publicidade
Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018
Descrição do tempo
  • 22º C
  • 14º C
  • #TORCIDANDPor dentro do Grupo B: as escalações, histórico e informações da 2ª rodadaMAIS COPA

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

  • Temer e Lula blindam cúpula de alianças regionais

    O presidente Michel Temer, com o camburão na porta, e o ex-presidente Lula da Silva, detento condenado, seguem estratégias similares no comando dos dois maiores partidos às vésperas da campanha eleitoral: blindam a cúpula de alianças regionais que possam inviabilizar seus projetos de poder. Temer mantém Henrique Meirelles (MDB) pré-candidato para que os diretórios não debandem em coligações heterodoxas. Lula faz o mesmo com o PT ao forçar uma candidatura impossível diante da Lei da Ficha Limpa. Assim segura o partido nos Estados ante o risco de esfacelamento da legenda.

    Ou seja..

    ..Tanto Lula, diante da Lei, quanto Meirelles, pela sobrevivência do MDB que deve se aliar a um nome forte, não serão candidatos, apostam congressistas. A conferir.

    Amarras

    Temer controla um plural MDB. Vislumbra um futuro em que tentará se reeleger presidente do partido para não perder o Poder – que já perde como inquilino do Palácio.

    Brasil 1 x 0

    Em tempos de festa junina[...]

    Leia mais
  • Polícia Federal deve aumentar pedidos de prisões temporárias

    Se os advogados e seus clientes enrolados com a Justiça comemoram a derrubada da condução coercitiva pelo STF, por considerarem um linchamento público-moral, foi um tiro no pé. Nas próximas operações, é consenso nos bastidores que a Polícia Federal deve pedir mandados de prisão temporária – o que muitos delegados evitavam justamente para preservar a imagem dos investigados.

    Vai e não vai

    O acordão revelado pela Coluna está tomando corpo, em Brasília. A Segunda Turma do STF pode soltar Lula da Silva. Mas o TSE vai limá-lo de vez da disputa.

    Hostess

    No compasso de espera para sua adidância na Itália, o ex-diretor da PF Fernando Segóvia foi visto na festa da AJUFE em Brasília ciceroneando ministros do STF.

    Geraldo & João

    Os tucanos Geraldo Alckmin e João Dória Jr tiveram papo definitivo sobre especulações que cercam suas candidaturas (muitas, aliás, dos próprios aliados e staffs). Alckmin segue na disputa pelo Planalto – crava que vai crescer[...]

    Leia mais
  • Operação Lava Jato provoca estagnação na construção civil

    O setor de construção civil praticamente estagnou desde o início da série de operações da Lava Jato em março de 2014. São 14 trimestres de desempenho negativo, de acordo com levantamento do Instituto Fiscal Independente (IFI), vinculado ao Senado Federal. Além dos efeitos das investigações sobre grandes construtoras, outros fatores contribuíram para o fraco desempenho do setor nos últimos meses: “Lenta recuperação do emprego e renda, e a contração pronunciada dos investimentos públicos”.

    Tá tudo..

    A Comissão de Ética da Presidência rejeitou pedido do conselheiro Mauro Menezes de impedimento do colega Erick Vidigal de analisar denúncias contra autoridades.

    .. em casa

    Enquanto conselheiro da CEP, Erick Vidigal também ocupa cargo de subchefe adjunto para Assuntos Jurídicos da Casa Civil. Menezes foi voto vencido pela maioria.

    Ruim com ele..

    Com a candidatura de Henrique Meirelles patinando em baixos índices, senadores e deputados do MDB se[...]

    Leia mais
  • Maia e Eunício usaram jatinhos da FAB, sob custos da União, para fazer pré-campanha

    A quatro meses das eleições, os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), usaram jatinhos da Força Aérea Brasileira, sob custos da União, para fazer pré-campanha. No último sábado, 9 de junho, Rodrigo Maia embarcou em Brasília às 6h35 com destino ao Rio de Janeiro onde, durante o dia, participou de evento do DEM para apresentação de seu plano de Governo como pré-candidato ao Planalto. Retornou a Brasília às 20h30, também em voo da FAB. Usou a prerrogativa do cargo e, no drible regimental, o fato de ter residência na cidade. A Coluna procurou as assessorias, que não responderam até o fechamento.

    No sertão

    No mesmo sábado, o senador Eunício passou o dia no interior do Ceará e embarcou num jato da FAB em Juazeiro do Norte rumo a Guarulhos, e depois para Brasília.

    Acenos

    Pesquisa após pesquisa, o movimento de tentativa de reaproximação entre tucanos e democratas é o mesmo. De um lado, o[...]

    Leia mais