Publicidade
Quinta-Feira, 25 de Maio de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994, e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

  • Transparência da Câmara não informa gastos de Rocha Loures

    O sistema de Transparência da Câmara não informa gastos de gabinete do agora afastado Rocha Loures desde a posse em 8 de março, suplente de Osmar Serraglio.

    No luxo

    Quando a PF soltou a operação aqui, tendo ele como um dos alvos, Rocha Loures estava hospedado no ostentoso Lotte NY Palace, com diárias a R$ 2 mil, por baixo.

    Do Bunker

    O presidente Michel Temer teve reuniões diárias com o chefe do Gabinete sde Segurança Institucional, General Sérgio Etchegoyen, nos últimos dias, e telefonemas para o ministro da Defesa, Raul Jungmann. Todos preocupados com a adesão às manifestações de hoje em Brasília. Apostam em baixa adesão.

    Caravanas

    A inteligência da Polícia Rodoviária Federal alertou para mais de 100 ônibus fretados por sindicalistas a caminho de Brasília. Muitos já chegaram ontem. Duzentos soldados do Exército já estavam a postos em frente ao Ministério das Justiça às 16h de ontem.

    Bolso cheio

    Aliás, a turma do protesto está com[...]

    Leia mais
  • Boi no espeto: Irmãos Batista são alvo de quatro operações da Polícia Federal

    A despeito da questionável série de benesses que o MP Federal concedeu aos irmãos Joesley e Wesley Batista, delatores oficiais, não vai durar muito o sossego da dupla. Os próprios e suas empresas do grupo J&F, em especial a Friboi, são alvos ativos de quatro operações em andamento da Polícia Federal: Zelotes, Greenfield, Carne Fraca e a Bullish – sobre a ligação do grupo com o BNDES e os bilhões que eles embolsaram para operação não concretizada. Será breve e triunfal seus retornos ao Brasil.  

    Do seu, do nosso

    A Zelotes deu uma esfriada. Carne Fraca cerca mais os fiscais da Agricultura. Mas Greenfield e Bullish pegam em cheio a relação com fundos de pensão e BNDES.

    Joca na Rede

    Líderes da Rede estão eufóricos. Joaquim Barbosa está propenso a se filiar ao partido para disputar a presidência da República.

    On the Road

    A inteligência da Polícia Rodoviária Federal constatou movimento de dezenas de ônibus com militantes, rumo a Brasília, para[...]

    Leia mais
  • Michel Temer tem certeza de que houve cortes em áudio

    Assim que ouviu o áudio da conversa com Joesley Batista, o presidente Michel Temer decidiu pedir à Polícia Federal para fazer uma perícia, mas os jornais se anteciparam. Ele tem certeza de que houve edições porque faltaram na gravação trechos do diálogo, segundo interlocutores. “Estranho, me lembro que havia sido falado família, que ajudava a família (de Cunha), e tenho convicção, e isso não está no áudio”, disse Temer aos ministros palacianos. O presidente também se disse surpreso com a atitude da Procuradoria Geral da República, que enviou o áudio para o STF sem perícia.

    In loco

    Aécio Neves foi visto no 5º andar do Hotel Unique, em SP, com o primo Frederico, dias antes do pagamento da suposta propina. Almoçaram juntos no restaurante do skyline.

    In loco 2

    Aécio estava tenso e o primo com semblante preocupado. O senador foi lacônico para o assessor: “Você pega um voo para o Rio hoje, né?”, no que o primo concordou.

    De família

    Hoje o PMDB[...]

    Leia mais
  • Conselho de Ética do Senado Fedral é uma piada pronta

    A dúvida em Brasília é se algum senador terá peito para cassar Aécio Neves, que ajudou colegas nos últimos anos em várias frentes. O que se viu até sexta-feira na composição do Conselho de Ética do Senado é uma piada pronta. O PMDB indicou oito senadores – titulares e suplentes – entre eles os investigados na Lava Jato Romero Jucá (RR), Eduardo Braga (AM) e Jader Barbalho (PA). O Rede, que pediu a cassação, sequer havia indicado para o Conselho o único senador, Randolfe Rodrigues, autor da ação.

    Por garantia

    O advogado Samuel José Orro protocolou na noite de sexta no STF um habeas corpus para presidente Michel Temer. A assessoria do Palácio jura que ele não pediu nada.

    É fato

    Os delegados federais, que conduzem inquéritos que enquadram sacripantas do País, compõem a classe mais respeitada e mais acreditada em sondagens populares.

    Vida que segue

    Até um ano atrás, era boa a relação dos mineiros Rodrigo Janot, o Procurador Geral da[...]

    Leia mais