Vencedor de Boavista e Figueirense encara a Luverdense e tem direito a mais de R$1 mi

Grupo do Figueirense treinou na tarde desta quarta-feira (6) no CFT do Cambirela - Patrick Floriani/FFC
Grupo do Figueirense treinou na tarde desta quarta-feira (6) no CFT do Cambirela – Patrick Floriani/FFC

O Figueirense realiza na tarde desta terça-feira (12) o último treinamento antes do duelo frente ao Boavista (RJ), acontece em Itaboraí. Pertencentes ao grupo três da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), cariocas e catarinenses duelam pela vaga na próxima fase, mas também por um aporte total de R$ 1,1 milhão.

O Furacão treina logo mais, no estádio municipal Alziro de Almeida, em preparação para o duelo diante do Boavista, no município de Saquarema. Hemerson Maria e companhia vão ao local do jogo apenas na manhã da quarta-feira. Juninho, que esteve de fora dos últimos cinco jogos em função de um estiramento no joelho, foi liberado e é um dos reforços do comandante alvinegro para o duelo frente ao alviverde carioca.

Segundo a tabela de cotas da CBF, só pela entrada em campo, os dois times vão embolsar R$ 525 mil. O time que avançar, além do direito de encarar a Luverdense – que bateu o Corumbaense na semana passada – embolsa mais R$625 mil.

Entenda a tabela 

É importante ressaltar que os valores diferem e são distribuídos de acordo com o grupo onde o clube em questão está inserido. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divide as agremiações em três blocos: no primeiro estão os 15 times mais bem colocados no ranking da entidade; o segundo é composto pelas equipes habilitadas a disputa da Série A, com exceção dos integrantes do bloco um; e o três todos os demais.

Tabela CBF - CBF/divulgação
Tabela CBF – CBF/divulgação

Futebol