Sem terra arrasada: apesar da derrota, Figueirense tem campanha de acesso na Série B

Ponte Preta venceu o Figueirense por 2 a 0 - Mafalda Press/Folhapress
Ponte Preta venceu o Figueirense por 2 a 0 – Mafalda Press/Folhapress

O elenco do Figueirense se reapresentou nesta segunda-feira (2), depois da derrota para a Ponte Preta, no sábado, por 2 a 0, dentro do estádio Orlando Scarpelli. O revés custou a saída do G4 para o Furacão que, agora, terá que recuperar os pontos perdidos em um clássico local, contra o Criciúma, no estádio Heriberto Hülse.

Apesar da decepção pelo resultado, o objetivo no bairro do Estreito é não fazer “terra-arrasada”. Com 21 pontos na 5ª posição, o time de Milton Cruz até está a sete do líder Fortaleza, mas apenas um de Avaí, CSA e Vila Nova, 2º, terceiro e quarto, respectivamente.

Soma-se a isso ainda o fato de que na edição do ano passado da Segundona, o Internacional-RS ocupava a mesma posição do alvinegro, com os mesmos 21 pontos. Ao final da temporada, como se sabe, o Colorado consolidou o retorno à elite do futebol com 71 pontos.

Para o jogo contra o Criciúma o comandante do alvinegro vai contar com os retornos de Pereira e Ferrareis. O jogo está marcado para as 21h, no Sul do Estado, onde o Tigre, em processo de recuperação, está a quatro jogos sem derrota. O técnico Mazzola Júnior quer explorar a semana para preparar o time que recebe o alvinegro.

Futebol