Lateral do Juventude é taxativo com seriedade de próximos jogos da Série B: “Doze finais”

Foto: Arthur Dallegrave/Divulgação/Juventude
Foto: Arthur Dallegrave/Divulgação/Juventude

Restando 12 rodadas para acabar a Série B do Campeonato Brasileiro, o Juventude se encontra na difícil 18ª posição com 28 pontos, dentro da temida zona de rebaixamento, porém a um ponto do Paysandu que é o primeiro clube fora do Z4.

Os últimos compromissos do Alviverde de Caxias do Sul não deixam o torcedor animado por uma reação, já que são nove jogos sem saber o que é vencer. O último triunfo do Ju ocorreu em 24 de julho como visitante diante da Ponte Preta por 1 a 0, gol de Elias.

Por isso, o lateral-direito Felipe Mattioni falou em “doze finais” que o Papo terá de enfrentar daqui pra frente se quiser permanecer na segunda divisão nacional. A primeira delas é na quinta-feira (13), em Campinas, jogando diante do Guarani no Brinco de Ouro da Princesa:

– Vamos para doze finais agora e a primeira delas é contra o Guarani no Brinco de Ouro. Temos que fazer uma grande partida para vencermos fora de casa. Precisamos fazer uma apresentação perfeita para que isso aconteça.

Para Mattioni, é de fundamental importância que o Juventude estabeleça uma sequência de resultados positivos para não permanecer por muito tempo dentro da região que relega quatro clubes a Série C de 2019.

– Estamos em uma situação difícil na tabela de classificação, mas muito focados em sair do Z4 nas próximas rodadas da Série B. Não podemos vacilar. Temos que fazer uma boa sequência para conquistarmos esse objetivo. O grupo não vai deixar de acreditar. Vamos lutar muito para deixarmos o Z4 e iniciarmos uma reação na disputa – garantiu o jogador.

Mais conteúdo sobre

Esporte