Fabinho confessa ansiedade e exalta atuação da Seleção

Atualizado

'A gente quer fazer bastante coisa, aparecer, mas acho que em geral foi tranquilo', disse Fabinho (Pedro Martins/Mowa Press
‘A gente quer fazer bastante coisa, aparecer, mas acho que em geral foi tranquilo’, disse Fabinho (Pedro Martins/Mowa Press

O misto de alívio com alegria marcaram o discurso de Fabinho após a vitória do Brasil sobre os Estados Unidos. Em entrevista na saída do gramado, em Nova Jersey, o camisa 14 não escondeu que sentiu uma ansiedade em sua volta á Seleção Brasileira. Mas achou seu desempenho satisfatório no 2 a 0 desta sexta-feira.

– No começo, foi um pouco complicado. Não é a primeira vez, mas é como se fosse. A gente quer fazer bastante coisa, quer aparecer, mas acho que em um geral foi tranquilo. A equipe soube fazer um bom jogo, criar bastante e vencer.

A volta à lateral direita após atuar por três anos no meio de campo foi vista com naturalidade pelo camisa 14.

– É tranquilo, já não é a primeira vez que acontece. É algo que eu já estou acostumado, já fiz isso algumas vezes no meu antigo clube. Foi tranquilo para mim.

O lateral-direito afirmou que a adaptação passou pelo bom entrosamento com os jogadores da Seleção:

– Foi tranquilo. Durante a semana, os treinos correram bem. A comissão técnica soube me orientar bem, eu já conhecia a maioria dos jogadores também. Jogar ali do lado do Marquinhos, do Fred, do Casemiro, do Douglas (Costa) é fácil.

Mais conteúdo sobre

Esporte