Equipe feminina de vôlei de Rio do Sul quer conquistar o tetra

A equipe feminina de voleibol de Rio do Sul está a apenas uma vitória da conquista do tetra consecutivo no Campeonato Catarinense. Depois de vencer o primeiro jogo fora de casa contra Nova Trento, a comissão técnica tenta contornar os desfalques e reunir energia para garantir o tão sonhado triunfo.

Reprodução/RICTV

Equipe feminina de vôlei de Rio do Sul quer conquistar o tetra

A equipe rio-sulense depende apenas de uma vitória para conquistar um título inédito: o tetracampeonato estadual consecutivo

Caso Rio do Sul seja derrotado no segundo jogo da final, haverá um terceiro contra Nova Trento. Nesta sexta-feira (18), as jogadoras do Alto Vale enfrentam a equipe Sesi – São Paulo pela segunda rodada da Superliga. A partida está marcada para às 20h no ginásio municipal Artenir Werner, em Rio do Sul.

O time é feminino. Mas a pressão nos treinos vem até de cortadas com força masculina. O teste de resistência insiste com bolas cruzadas. Tudo é colocado à prova: concentração; reflexo-relâmpago; flexibilidade. O alto nível de cobrança tem motivo e é bem aceito entre as atletas.

A equipe rio-sulense depende apenas de uma vitória para conquistar um título inédito: o tetracampeonato estadual consecutivo. O novo jogo contra Nova Trento preocupa. Não bastasse a agenda lotada – que inclui Superliga e preparo para os Jogos Abertos – o elenco, que é pequeno, ficou menor ainda. Duas importantes jogadoras sofreram lesões graves nos joelhos e estão fora das quadras. Camila, já operada, e Edna, com cirurgia marcada vão ficar seis meses de molho.

Com informações de repórter Walfrid Neto

Esporte