Equipe Brunel chega a Itajaí e é vencedora da etapa mais temida da Volvo Ocean Race

Atualizado

Equipe holandesa Brunel foi a vencedora da etapa - Marcelo Nunes/RICTV
Equipe holandesa Brunel foi a vencedora da etapa – Marcelo Nunes/RICTV

A equipe holandesa Brunel cruzou a linha de chegada na Vila da Regata, em Itajaí, às 11h45 desta terça-feira (3), sendo a vencedora da etapa mais temida da Volvo Ocean Race, que partiu da Nova Zelândia com destino à cidade catarinense. Por volta das 12h30, atracaram na vila os chineses da Dongfeng Race Team, ficando na segunda posição.

Os dois barcos brigavam pela vitória e pela chance de levar pontuação dobrada pra casa. Team Brunel e Dongfeng Race Team protagonizaram uma disputa equilibrada desde a subida pelo Atlântico Sul. Na tarde de segunda-feira (2), a diferença entre holandeses e chineses era de apenas 4 milhas náuticas.

Martine quer arroz e feijão

Já o team AkzoNobel, da brasileira Martine Grael, conservava a terceira colocação até segunda-feira, só que mais de 230 milhas náuticas atrás dos dois primeiros. ”Essa etapa foi uma das mais difíceis. Passamos por momentos difíceis e de muita pressão para não dar nada errado. Foi uma etapa incrível, bonita, mas ao mesmo tempo triste”, disse a brasileira Martine Grael.  ”Estou sentindo falta de um arroz e feijão, de um churrasco também”.

Em quarto lugar está o Turn the Tide on Plastic, seguido de perto pelo MAPFRE. As duas equipes devem cruzar a linha de chegada apenas no dia 6 de abril.

Mais conteúdo sobre

Volvo Ocean Race