Diretoria do Brusque vai denunciar árbitro Edson Silva no TJD

A diretoria do Brusque decidiu, depois de uma reunião realizada na noite de segunda-feira (16), denunciar o árbitro Edson da Silva no Tribunal de Justiça Desportiva, pois ele teria atuado de forma tendenciosa no jogo de domingo, entre Brusque e Marcílio Dias, que foi encerrado aos 36 minutos do segundo tempo depois de uma confusão generalizada. O Brusque vencia jogo por 2 a 1 quando o juiz marcou o segundo pênalti favorável ao time visitante e expulsou o segundo jogador do Brusque na mesma partida.

Alain Rezini/TVB

Rezini: “O Brusque foi vítima de mais uma escalação desastrosa de árbitros”

 “Não é a primeira vez que o clube é prejudicado por arbitragens desastrosas, mas desta vez ficou evidente que o senhor Edson da Silva entrou em campo disposto a fabricar um resultado e resolver a partida no apito, ao invés de deixar o jogo ser resolvido no gramado”, disse o presidente do Brusque, Danilo Rezzini.

 “O descontentamento é geral e não é de hoje. Diante de mais uma injustiça da arbitragem, foi difícil conter a torcida e não havia mais condições de continuar o jogo. O Brusque foi vítima de mais uma escalação desastrosa de árbitros pela Federação Catarinense de Futebol. Algo precisa ser feito para recuperar a imagem do futebol catarinense”, completou  o dirigente.

Esporte