Deivid Silva é o vencedor do Red Nose Pro Florianópolis 2015

Com 16 surfistas classificados nas oitavas de final, sete deles brasileiros, o domingo (25) foi de disputa acirrada na praia do Santinho, no último dia de competição do Red Nose Pro Florianópolis – a etapa do World Surf League Qualifying Series, divisão de acesso para a elite mundial. E o Brasil levou a melhor com a vitória do paulista Deivid Silva contra o australiano Stuart Kennedy.

Divulgação/ND

Brasileiro subiu ao ponto mais alto do pódio na praia do Santinho

 

O surfista brasileiro venceu com notas 7,90 e 8,17, somando 16,07 pontos, enquanto o australiano somou 14,40, com notas 7,0 e 7,40 na primeira e segunda bateria. A vitória garantiu ao brasileiro 6.000 pontos, além de uma premiação no valor de US$ 25mil. 

Apesar das condições pouco favoráveis e ondas com formação de 0,5 metro na praia do Santinho, o brasileiro Deivid estava na expectativa com a competição e afirmou ter dado o seu melhor. “Estava bem focado, dei o meu melhor para chegar a um campeonato forte como este. Até então só tinha chegado a campeonato de 1500, que é um nível abaixo dessa competição. Dei meu máximo”, conta o vencedor. A etapa de classificação garante ao surfista o acesso a elite mundial. Na próxima semana, será realizada outra etapa da QS6000. Desta vez na praia da Tiririca, em Itacaré, na Bahia – de 27 de outubro a 1º de novembro.

Mais conteúdo sobre

Surfe