Daniel Alves relata ‘reações incontroláveis’ em jogo como torcedor

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Cortado por causa de uma lesão, Daniel Alves esteve na Arena Spartak, em Moscou, para acompanhar a classificação do Brasil às oitavas de final da Copa do Mundo após a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, nesta quarta-feira (27).

Jogador postou foto com amigos antes da partida desta quarta (27) - Reprodução Instagram
Jogador postou foto com amigos antes da partida desta quarta (27) – Reprodução Instagram

O lateral direito usou sua conta no Instagram nesta quinta (28) para contar a experiência na arquibancada. “Meu primeiro jogo como torcedor deixou um legado importante para mim: coloque-se na pele dos demais para você entender o que eles entendem e para você compreender o que eles compreendem”, disse o jogador.

“Às vezes você tem reações incontroláveis, a emoção fala pela razão. Mas o importante é que sejam para o bem, para mandar ‘vibes’ positivas. O objetivo sempre tem que ser maior do que a dificuldade”, relatou Daniel Alves.

O jogador do Paris Saint-Germain se lesionou na final da Copa da França, no dia 8 de maio. Presença certa nos 23 que disputariam a Copa, ele passou por exames, que constataram ruptura de ligamento e necessidade de cirurgia. Três dias depois foi confirmada a impossibilidade de atuar na Rússia.

Copa do Mundo

Nenhum conteúdo encontrado

Daniel Alves relata ‘reações incontroláveis’ em jogo como torcedor

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Cortado por causa de uma lesão, Daniel Alves esteve na Arena Spartak, em Moscou, para acompanhar a classificação do Brasil às oitavas de final da Copa do Mundo após a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, nesta quarta-feira (27).

O lateral direito usou sua conta no Instagram nesta quinta (28) para contar a experiência na arquibancada. “Meu primeiro jogo como torcedor deixou um legado importante para mim: coloque-se na pele dos demais para você entender o que eles entendem e para você compreender o que eles compreendem”, disse o jogador.

“Às vezes você tem reações incontroláveis, a emoção fala pela razão. Mas o importante é que sejam para o bem, para mandar ‘vibes’ positivas. O objetivo sempre tem que ser maior do que a dificuldade”, relatou Daniel Alves.

O jogador do Paris Saint-Germain se lesionou na final da Copa da França, no dia 8 de maio. Presença certa nos 23 que disputariam a Copa, ele passou por exames, que constataram ruptura de ligamento e necessidade de cirurgia. Três dias depois foi confirmada a impossibilidade de atuar na Rússia.

Mais conteúdo sobre

Esportes