Avaí recebe “freguês” para buscar a recuperação na Série B

O ano do Avaí vem sendo intenso. Essa espécie de montanha-russa azurra já patinou no Estadual, envergou um Fluminense no Rio de Janeiro, trocou de técnico e hoje é forte candidato ao acesso à Série A em 2018.

Tamanha mutação foi testemunhada pelo Juventude, adversário da próxima terça-feira dentro do estádio da Ressacada.

A partida válida pela rodada 22 será a terceira entre catarinenses e gaúchos na temporada. E o Papo sugere boas lembranças ao torcedor do Leão. Foram duas vitórias em duas competições diferentes: 2 a 0, pela 2ª fase da Copa do Brasil; e 3 a 1 no encontro do primeiro turno.  

A última, inclusive, determinou a virada de chave de toda essa trajetória do Leão da Ilha. Foi naquela ocasião que o recém-chegado Geninho, implementou o esquema com os três zagueiros e transformou um cambaleante time em aspirante à maior taça do ano.

Judson, um dos avalistas desse esquema que esteve em campo nos dois encontros com o Jaconero, desconversou sobre sua preferência:

“Independente da formação tática, vamos manter a consciência da equipe. Temos boas saídas para vencer, mas aí o técnico Geninho vai definir o melhor pelo grupo”, esquivou-se o atleta que o técnico refere como “para-choque” da equipe.

O Avaí é 3º colocado – antes do fechamento da rodada 21 – com 33 pontos. O Juventude, mais atrás, luta no bloco contra a degola, com 25 em 13º.

Juventude e Avaí pela Copa do Brasil 2018 - Arthur Dallegrave/EC Juventude/divulgação/ND
Juventude e Avaí pela Copa do Brasil 2018 – Arthur Dallegrave/EC Juventude/divulgação/ND

Mais conteúdo sobre

Futebol