DE SAÍDA

Despedida

Diante de 269 desmotivados espectadores, que quase pegaram no sono no 1° tempo, o Metropolitano venceu o frágil Camboriú por 3 x 0 e agora passa a secar o Joinville para chegar à final da Copa Santa Catarina. O time depende de uma derrota do JEC nos dois jogos que ainda fará contra o próprio Camboriú, dia 13, e diante do Marcílio Dias, dia 21, na Arena. Como coloquei na coluna anterior não acredito em um tropeço do Joinville que deve fazer a final da Copinha.

 

Reformulação

A própria diretoria já não acredita no “milagre”. Tanto é que dispensou todo o grupo até o dia 22. Para alguns haverá descanso, para outros, férias antecipadas. Pelo que senti ontem nos bastidores, após o jogo, dois titulares que entraram em campo não devem voltar. O volante Fabiano Silva vai ser devolvido ao Figueirense (não acrescentou muita coisa) e o atacante Bruno Rangel dificilmente terá seu contrato renovado (começou bem, mas caiu assustadoramente de rendimento).

 

De saída

Também pela conversa que tive com Rafael Costa (que ontem marcou mais duas vezes), ele dificilmente irá permanecer. O artilheiro fez uma temporada espetacular, se tornou ídolo da torcida e chamou a atenção de outros clubes. Rafa jura que equipes das séries A e B querem o seu futebol (aposto no Coritiba). Ele se identificou muito com Blumenau, está feliz por aqui, mas todo mundo sabe que essa felicidade acaba rapidinho quando uma proposta financeira e uma visibilidade melhores aparecem.

 

Inevitável

Rafael Costa vai fazer muita falta, sem dúvida, mas o clube será compensado de alguma forma. Caso a negociação se concretize, o Metropolitano terá direito a 60% – o atacante e o empresário dividem o resto do bolo. Não tem jeito, difícil concorrer e segurar alguém nessas condições. Não adianta manter ninguém insatisfeito dentro de um grupo com a cabeça em outro lugar (vide o exemplo de Paulo Henrique Ganso).

 

Até breve

Entendo que Rafael Costa é um bom atacante, que vive uma fase iluminada, mas que terá dificuldades para jogar em um time de massa e que cobra resultado a toda hora. Aqui ele é rei! Longe pode ser apenas mais um. Nunca é demais lembrar que o profissional não conseguiu se firmar no Avaí, de onde foi dispensado.

 

Já subiu

A expectativa é grande para Criciúma e Joinville, daqui a pouco, às 16h20, no Heriberto Hulse. É o jogo do aceso como estão falando. Pra mim, vai apenas ratificar a sua condição privilegiada, pois o Tigre já subiu faz tempo. Pelo futebol que vem jogando (uma pena Lucca ter se machucado) e a configuração na tabela, não há como reverter esse quadro. Com méritos, o tricolor está de volta à elite do futebol brasileiro.

 

Martírio

Há de se lamentar apenas o que 2013 nos reserva. Para assistir in loco jogos do time do coração teremos de encarar mais de 300 km na ainda não duplicada BR 101 (que viagem desgastante!). Sim: não acredito que o Figueirense vai escapar e SC terá apenas um representante na Série A do Campeonato Brasileiro.

Mais conteúdo