Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Especialistas apontam caminhos para garantir sustentabilidade turística

Especialistas reunidos no #TurismoSummit2018, realizado pelo Ministério do Turismo e Sebrae nacional, em Brasília, apontaram caminhos para o fortalecimento do setor, que representa hoje 10% do PIB mundial. 

O espanhol Mario Villar Garcia, analista de dados de uma entidade público-privada para estímulo ao turismo na pequena cidade balneária de Benidorm, defendeu planejamento e análise de informações detalhadas sobre os hábitos dos visitantes para garantia de sustentabilidade turística. “Queremos ser o primeiro destino turístico certificado, líder internacionalmente”, disse Villar Garcia, que enfatizou a importância de saber “o ciclo do turista” para a definição de políticas públicas. Ele cita a parceria feita com a iniciativa privada para viabilização de “smart wifi” nas praias, que permite alimentar o município com informações sobre os turistas.

Benidorm, que tem cerca de 66 mil habitantes, integra a Rede Espanhola de Cidades Inteligentes e  quer exportar os resultados do seu laboratório de inovação e tecnologia. “Temos 40% de ocupação e queremos que esse percentual suba, temos capacidade para isso”, afirma o espanhol.

O empresário Leonardo Marques, fundador do site Melhores Destinos, destacou a importância da busca da “diferenciação” de locais que tenham atrativos parecidos, como belezas naturais, por exemplo. E Milagros Koepke, diretora do escritório mantido pelo Brasil no Peru, enfatizou a valorização da gastronomia, segundo lugar em motivação para os estrangeiros que visitam o Chile. A maioria também citou projetos sustentáveis como chamariz para bons negócios turísticos.

Mais conteúdo