Adolescente morre em confronto com a PM na Comunidade Chico Mendes em Florianópolis

Um adolescente de 16 anos, com várias passagens pela polícia e integrante da facção criminosa Primeiro Grupo Catarinense, segundo a Polícia Militar, morreu em confronto com guarnições do 22º BPM (Batalhão da Polícia Militar) do Continente na comunidade Chico Mendes, no bairro Monte Cristo, em Florianópolis. O tiroteio ocorreu entre 6h e 6h30 deste domingo (15). Com este crime, sobe para 86 o número de mortes violentas ocorridas este ano em Florianópolis. Deste total, somente em confronto com a polícia foram 18, além de 66 homicídios dolosos e um latrocínio (matar para roubar).

De acordo com o comandante do 22º BPM, tenente-coronel Sandro Cardoso da Costa, as guarnições estavam entrando na comunidade para realizar patrulhamento de rotina quando foram recebidas à bala por um grupo armado. “Houve reação, por parte dos policiais e o adolescente foi atingido”. Os demais fugiram. Segundo o oficial, o menor foi levado com vida para o Hospital Florianópolis, mas não resistiu os ferimentos. Uma pistola que estaria com o adolescente foi apreendida e levada para a Delegacia de Homicídios da Capital que está investigando o caso.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo

Nenhum conteúdo encontrado