Altair Magagnin

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Assessor de Valdir Cobalchini é indiciado por difamação contra João Amin

Dia desses, resgatei por aqui o caso da fake news contra o deputado João Amin (PP). Em abril de 2018, circulou nas redes um suposto projeto de lei que previa uma “licença-surfe” anual para os deputados. Adepto do esporte, Amin tinha recém voltado de uma viagem à Indonésia, onde foi surfar.

João Amin – Solon Soares/Agência AL/ND

Em 24 de janeiro, a DEIC (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) concluiu o inquérito. Um ex-assessor do deputado Valdir Cobalchini (MDB) foi indiciado por difamação e falsificação de documento público. Na época, a polícia esteve no gabinete do deputado e apreendeu um computador. À polícia, o assessor negou as acusações.

João Amin pretende ir “até as últimas consequências” em relação ao caso.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo